Morre idoso integrante de família contaminada com botulismo em Olinda

Parentes lamentaram o ocorrido, principalmente porque o idoso vinha apresentando uma melhora no quadro

Parentes das vítimas disseram que elas começaram a apresentar sintomas de mal-estarParentes das vítimas disseram que elas começaram a apresentar sintomas de mal-estar - Foto: mandy oliver

Será sepultado nesta segunda-feira (26) o idoso José Ronaldo da Silva, 69 anos, uma das três pessoas de uma família de Olinda que possivelmente contraiu botulismo após um almoço de confraternização, em janeiro deste ano. Ele estava internado há mais de dois meses em um hospital particular do Recife e faleceu na madrugada de domingo (25). A esposa dele, uma idosa de 65 anos, ainda permanece internada na UTI, com quadro estável, mas segundo os familiares, sem previsão de alta.

A dona de casa Jaqueline Alves, 46 anos, cobrou das autoridades uma resposta sobre a suspeita de botulismo, até porque os exames confirmatórios ainda não foram entregues à família. “A gente precisa de respostas. Já se passaram mais de dois meses e ainda não saiu esse resultado, e não sabemos o que realmente aconteceu”, reclamou. Além do casal de idosos, o filho deles, um homem de 48 anos, também acabou internado na UTI do Hospital Universitário Oswaldo Cruz (HUOC), mas já teve alta há cerca de um mês.

Leia também:
Paciente com suspeita de botulismo recebe alta
Melhora estado de paciente internado no Recife com suspeita de botulismo
Alimentos são coletados na casa de família suspeita de botulismo em Olinda
Cinco integrantes da mesma família são internados no Recife com suspeita de botulismo


O botulismo é doença neuroparalítica grave, em sua forma mais comum causada pelo consumo de alimentos contaminados pela bactéria Clostridium botulinum. Em relação à família de Olinda, técnicos da Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa), Secretaria Estadual de Saúde (SES), Vigilância Sanitária e Vigilância Epidemiológica de Olinda coletaram amostras de charque, mel, queijo do reino e goiabada para análises da presença da bactéria.

Procurada pela reportagem da Folha de Pernambuco, a SES informou que ainda aguarda o resultado do laboratório de referência nacional para diagnóstico de botulismo e diz que assim que receber a análise, informará à família.

Veja também

A 8 dias da eleição, Senado dos EUA confirma juíza ultraconservadora para a Suprema Corte
internacional

A 8 dias da eleição, Senado dos EUA confirma juíza ultraconservadora para a Suprema Corte

Brasil atinge 5,4 milhões de casos da Covid-19
boletim

Brasil atinge 5,4 milhões de casos da Covid-19