Morre o deputado Guilherme Uchoa, aos 71 anos

O parlamentar estava internado desde o domingo (1º)

Guilherme Uchoa estava no quinto biênio consecutivo (2017/2018)Guilherme Uchoa estava no quinto biênio consecutivo (2017/2018) - Foto: Cristiana Dias/Arquivo folha

Faleceu, na madrugada desta terça-feira (3), o deputado estadual e presidente da Alepe, Guilherme Uchoa (PSC), aos 71 anos. Uchoa estava internado no Real Hospital Português desde o domingo (1º). A causa da morte foi um edema agudo de pulmão, seguido de parada cardíaca. O parlamentar, natural de Timbaúba, deixa a esposa Eva Uchoa, dois filhos, Giovana e Guilherme Júnior, além de seis netos. O velório do parlamentar será realizado a partir das 10h desta terça, no Edifício Governador Miguel Arraes de Alencar, na Alepe. O sepultamento ocorrerá em Igarassu, às 15h. O governador Paulo Câmara decretou cinco dias de luto.  

SEXTO MANDATO
Reeleito presidente da Alepe, o deputado Guilherme Uchoa estava no sexto mandato parlamentar. Na Presidência da Casa, foi governador em exercício do Estado por cinco vezes, em razão de viagens dos ex-governadores Eduardo Campos e João Lyra Neto e do atual governador Paulo Câmara. Participou de importantes momentos da política pernambucana. Foi Uchoa que deu início à construção dos dois prédios que abrigam o novo Plenário e os gabinetes dos deputados.

Ele era bacharel em Direito pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e também formado em História (Licenciatura Plena) pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Caruaru. O deputado foi escrivão da Polícia Civil e é aposentado como juiz de Direito.

Veja também

G7 se compromete a combater pandemia, crise climática e os desafios da China e Rússia
Líderes

G7 se compromete a combater pandemia, crise climática e os desafios da China e Rússia

Famílias de classe D são as que sofrem mais impacto na pandemia
Primeira infância

Famílias de classe D são as que sofrem mais impacto na pandemia