Morre o jornalista Alberto Dines, criador do 'Observatório da Imprensa'

Ele faleceu aos 86 anos, em São Paulo

Dines deixa um grande legado ao jornalismo nacionalDines deixa um grande legado ao jornalismo nacional - Foto: Ana Paula Oliveira Migliari/TV Brasil/EBC

Faleceu nesta terça-feira (22) o jornalista Alberto Dines, aos 86 anos, ele foi o fundador do Observatório da Imprensa. Alberto faleceu no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Por decisão da família, o hospital não informou a causa da morte.

O jornalista tornou-se editor-chefe do "Jornal do Brasil", no qual ficou por 12 anos. No jornal, ele coordenou uma grande reforma gráfica e criou novas seções. Desde 1963, Dines também era professor na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ). Ele criou as disciplinas de Jornalismo Comparado e de Teoria da Imprensa. Ele é criador do Observatório da Imprensa, uma entidade civil, não-governamental, não-corporativa e não-partidária que acompanha o desempenho da mídia brasileira.

No Twitter, o presidente Michel Temer lamentou a morte de Dines. "O jornalismo brasileiro perde um dos pilares da ética e do profissionalismo. Alberto Dines passou pelos mais importantes veículos do país e criou uma geração de jornalistas comprometidos com a correção da informação. Meus cumprimentos à família."

Veja também

Pandemia desacelera, mas EUA não se dispõe a abrir fronteiras como a UE
Internacional

Pandemia desacelera, mas EUA não se dispõe a abrir fronteiras como a UE

Recife fará busca por quem ainda não tomou segunda dose de vacina contra a Covid-19
Imunização

Recife fará busca por quem ainda não tomou segunda dose de vacina contra a Covid-19