Mundo

Morre turista estadunidense atacada por tubarão nas Bahamas

A vítima, uma mulher de 44 anos de Boston, estava praticando remo

New Providence, BahamasNew Providence, Bahamas - Foto: The Bahamas Guide

Uma turista estadunidense que visitava as Bahamas morreu em um ataque de tubarão nesta segunda-feira (4), conforme informou a polícia do país caribenho.

A vítima, uma mulher de 44 anos de Boston, estava praticando remo em frente a um resort na ilha de New Providence, onde fica a capital Nassau.

Um salva-vidas conseguiu levar a mulher e um parente que estava com ela para a costa para realizar uma reanimação cardiopulmonar, de acordo com o relatório da Real Polícia das Bahamas.

"A vítima sofreu um trauma significativo no lado direito do corpo", informou a nota, e foi declarada morta pelos serviços de emergência.

O arquipélago das Bahamas, com mais de 3.000 ilhas, abriga uma grande quantidade de resorts e grande parte de sua economia depende do turismo.

Os ataques de tubarões lá e em outros lugares são incomuns, com 89 desses incidentes registrados globalmente pelo International Shark Attack File, um banco de dados atualizado pelo Museu de História Natural da Flórida, nos Estados Unidos.

As Bahamas têm, desde 1580, 33 ataques registrados, de acordo com os dados desse arquivo.

Em 2019, uma mãe americana que estava com sua família também morreu nas Bahamas durante uma sessão de snorkeling ao ser atacada por um tubarão em uma excursão.

Veja também

Faustão é internado e deve passar por nova cirurgia seis meses após transplante cardíaco
Saúde

Faustão é internado e deve passar por nova cirurgia seis meses após transplante cardíaco

Cabo Oliveira: o cãozinho que foi adotado pela Polícia Militar do Rio de Janeiro
Folha Pet

Cabo Oliveira: o cãozinho que foi adotado pela Polícia Militar do Rio de Janeiro