Notícias

Morte de menino de 8 anos em Timbaúba é investigada; suspeita é de meningite ou arbovirose

Criança morreu no início de fevereiro no Hospital Correia Picanço, mas o caso foi divulgado nesta quarta-feira

Grande parte dos criadouros do mosquito são pequenos depósitos intradomiciliaresGrande parte dos criadouros do mosquito são pequenos depósitos intradomiciliares - Foto: Arquivo/Folha

A morte de um menino de 8 anos, que era morador do município de Timbaúba, na Mata Norte de Pernambuco, é investigada. Segundo a Secretaria de Saúde do Estado (SES), a suspeita é que o paciente tenha morrido por arbovirose ou meningite. A criança morreu no início de fevereiro, mas o caso foi divulgado nesta quarta-feira (8)

Por meio de nota, a SES informou que é importante ressaltar que estão sendo realizados os exames para confirmar se a criança tinha alguma das arboviroses no organismo e que já existe o resultado negativo para dengue. Ainda segundo a secretaria, mesmo com alguma confirmação laboratorial para chikungunya ou zika, não necessariamente se confirma a arbovirose como causa do óbito.

A avaliação, para descarte ou confirmação, depende de minuciosa investigação domiciliar e hospitalar do óbito, feita pelo município de origem do paciente, e da discussão do caso no Comitê Estadual de Discussão de Óbitos por Dengue e outras Arboviroses, segundo a secretaria.

Em relação a meningite, foi feito o tratamento profilático nos contatos com o paciente, para evitar outras contaminações, caso seja confirmado o caso pela doença. O menino deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Timbaúba e foi levado ao Hospital Barão de Lucena, no Recife. Em seguida, ele foi encaminhado ao Correia Picanço, mas não resistiu e morreu.

Veja também

Banco Mundial anuncia nova ajuda de US$ 4,5 bilhões para Ucrânia
Guerra na Ucrânia

Banco Mundial anuncia nova ajuda de US$ 4,5 bilhões para Ucrânia

Argentina: As estratégias para driblar uma inflação que pode chegar a 90% ao ano
Peso argentino

Argentina: As estratégias para driblar uma inflação que pode chegar a 90% ao ano