Meio Ambiente

Morte em massa de aves no México está relacionada ao fenômeno El Niño

Recentemente, também foi relatada a morte em massa de aves marinhas nas costas do Chile e Peru

Fenómeno climático, El NiñoFenómeno climático, El Niño - Foto: Divulgação/Nasa

As autoridades mexicanas descartaram que a morte de centenas de aves nas costas do Pacífico fosse devido à gripe aviária e afirmaram que a causa "mais provável" é o aquecimento dos oceanos devido ao fenômeno El Niño.

Após a alta mortalidade registrada nas últimas semanas, os ministérios da Agricultura e Meio Ambiente conduziram uma investigação que permitiu "descartar a presença" do vírus H5N1 e determinar que os animais "morreram de inanição", conforme comunicado divulgado na quinta-feira (15).

"A causa mais provável desse evento epidemiológico é o aquecimento das águas do oceano Pacífico devido aos efeitos do fenômeno meteorológico El Niño", acrescentou o relatório do Ministério da Agricultura.

Recentemente, também foi relatada a morte em massa de aves marinhas nas costas do Chile e Peru. No México, a situação ocorre em onze estados.

O El Niño é caracterizado pelo aquecimento da superfície do oceano Pacífico oriental equatorial, o que faz com que os peixes desçam a maior profundidade e as aves não consigam caçá-los.

Esse fenômeno ocorre em média a cada dois a sete anos, e seus efeitos já estão sendo sentidos, anunciou a Administração Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos (NOAA, na sigla em inglês) na semana passada.

No México, principalmente petréis de dorso cinza, que costumam viver em alto mar e se reproduzir em ilhas, têm morrido. Essa espécie pode voar até 500 quilômetros diariamente, portanto, necessitam de grandes quantidades de alimento que não estão conseguindo obter, explicou o Ministério da Agricultura.

As aves, incluindo gaivotas e pelicanos, geralmente morrem no oceano e são arrastadas para as costas pelas correntes marítimas, detalhou o relatório, ressaltando que as investigações estão em andamento.

Veja também

Kai Madison: quem é a Neta de 17 anos de Trump que fez aparição surpresa na Convenção Republicana
eua

Kai Madison: quem é a Neta de 17 anos de Trump que fez aparição surpresa na Convenção Republicana

Presidente da Itália abre exposição dos 150 anos da imigração italiana
rio de janeiro

Presidente da Itália abre exposição dos 150 anos da imigração italiana

Newsletter