Mortes por acidentes de moto reduzem 5,5%

Diretor do projeto Moto Amiga, Marcelo Sadi cobra do poder público uma melhor conservação das vias e até das calçadas

Lua De SangueLua De Sangue - Foto: Divulgação

País com mais casos de morte em acidentes envolvendo veículos motorizados terrestres na América do Sul, o Brasil é também o 17º mais letal do mundo para quem anda de moto. Mais grave ainda é a situação do Nordeste, região campeã em óbitos dessa natureza. Apesar disso, Pernambuco parece estar na contramão dessa tendência, protagonizando redução no que diz respeito às mortes no transporte em duas rodas.


 O Estado fechou 2015 com uma queda de 5,5% em relação ao ano anterior, com um expressivo encolhimento de 68%, no Hospital da Restauração, e de 29%, no Hospital Getúlio Vargas, no número de óbitos ocorridos nas primeiras 24 horas após o acidente.
Essa redução é creditada, em boa medida, à parceria firmada entre o Governo do Estado, o Comitê Estadual de Prevenção aos Acidentes de Motos (Cepam), o Detran e o Projeto Moto Amiga, coordenado pelo Núcleo Operacional Assohonda (NOA2).

A iniciativa vem apostando na promoção de ações educativas, como cursos e palestras, que já contaram com a participação de mais de oito mil condutores. O foco é no incentivo à cooperação e ao respeito no trânsito, com vistas para a implementação de uma cultura de acesso à informação e de responsabilidade.

“Uma moto na mão de uma pessoa educada é um meio de transporte. Uma moto na mão de uma pessoa sem a devida habilitação é uma arma, para si e para a sociedade”, alerta Hélio Calabria, coordenador do Cepam. Apesar de pregar a responsabilidade dos condutores, o diretor do projeto Moto Amiga, Marcelo Sadi também não se furtou de cobrar do poder público uma melhor conservação das vias e até das calçadas.

 “É brigar com Prefeitura, com Governo, porque manutenção é fundamental, tem que ter. Ocorre isso muito com pessoas idosas nas calçadas, que tropeçam, caem na rua e são atropeladas”.

 

Veja também

Vantagem de Biden sobre Trump cai 2 pontos percentuais em uma semana
EUA

Vantagem de Biden sobre Trump cai 2 pontos percentuais em uma semana

Presidente parece torcer contra a vacina de Covid-19, diz Doria
Coronavírus

Presidente parece torcer contra a vacina de Covid-19, diz Doria