Mostrar-se visível no trânsito é fundamental para segurança dos motociclistas

No contexto da campanha Maio Amarelo, confira dicas para visibilidade e segurança

Motociclistas devem ficar atentos aos pontos cegos nas viasMotociclistas devem ficar atentos aos pontos cegos nas vias - Foto: Reprodução/YouTube/Honda

Algumas das dicas para o motociclista garantir mais segurança no trânsito é se mostrar sempre visível para outros condutores e ter cuidado com o retrovisor e pontos cegos. Ver e ser visto é muito importante porque reduz as chances de acidentes. Dentro da campanha Maio Amarelo, que este ano traz como tema “No trânsito o sentido é a vida”, o supervisor da unidade Recife do Centro Educacional de Trânsito Honda (CETH), Marcello Torres, destaca a importância de dar atenção ao assunto e cita dicas.

Leia também:
Especialista da Honda alerta para riscos de pilotar e beber
CTTU lança Revista Coquetel sobre o trânsito em alusão ao Maio Amarelo


“A dica é usar uma vestimenta clara, um capacete com adesivos refletivos e estar com todas as partes elétricas da motocicleta funcionando. Além de se posicionar de uma forma que os outros usuários do trânsito possam vê-lo, o que elimina os pontos cegos”, detalhou. A obediência às leis de trânsito também é fundamental. “O motociclista deve sempre andar em uma velocidade moderada permitida pela via e se manter atento a situações adversas na pista, como buracos e animais na via”, acrescentou Torres.

Estratégia de condução PIDPE

Uma estratégia de condução ensinada pela Honda em seus CETHs é a PIPDE. O acrônimo simboliza cuidados que devem ser tomados. “O P é de procurar, que é manter-se sempre atento ao que acontece ao seu redor. I, de identificar qualquer situação que possa gerar risco. O P é de prevenir e prever o que pode vir a ocorrer. D é decidir: escolher a melhor situação de risco. Já o E é executar essa melhor situação de risco”, descreveu Marcelo Torres.

Logo, o motociclista deve sempre prever alguma situação de risco no trânsito. Os pontos cegos, que são causados por fatores como as colunas dos automóveis, devem ser evitados. A entrada nesses pontos deve ser evitada pelos motociclistas. Pontos cegos em carretas, caminhões e ônibus tendem a serem maiores por causa do tamanho desses veículos.

“A primeira dica é ajustar constantemente sua posição no trânsito. Uma das formas de observar é ver no retrovisor de outro veículo se o motorista está conseguindo te enxergar. Caso não consiga, você está no ponto cego dele”, explicou Marcello. Todos os veículos possuem espelhos, que devem ser ajustados para melhor visão de seus condutores para garantir a segurança no tráfego.

Outras dicas para os motociclistas são observar os pontos cegos durante qualquer tipo de manobra, que devem ser sinalizadas para não surpreenderem os demais condutores. O olhar mais atento evita acidentes, poupa vidas e garante um trânsito mais seguro.

Veja mais detalhes sobre pontos cegos no vídeo abaixo:

Veja também

Estudantes relatam temor de contágio e ansiedade antes do Enem
Enem

Estudantes relatam temor de contágio e ansiedade antes do Enem

Área técnica da Anvisa recomenda aprovação da Coronavac
Vacina

Área técnica da Anvisa recomenda aprovação da Coronavac