Motoristas de transporte escolar fazem greve e levam mantimentos a caminhoneiros

Profissionais reclamam que estão perdendo clientes por causa dos aumentos nos preços

Motoristas de transporte escolar protestam contra aumento dos combustíveisMotoristas de transporte escolar protestam contra aumento dos combustíveis - Foto: Cortesia/Kleber Anselmo

Motoristas de veículos de transporte escolar protestaram contra o aumento do preço dos combustíveis nesta sexta-feira (25). Dezenas de profissionais estacionaram na avenida Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. Em seguida, eles levaram mantimentos e água aos caminhoneiros que estão parados em diversos pontos das estradas de Pernambuco. O ato é organizado pelo Sindicato do Transporte Escolar de Pernambuco (Sintespe). 

Leia também:
Mototaxistas fecham trecho da BR-232 para apoiar caminhoneiros
Governo anuncia acordo para suspender paralisação dos caminhoneiros por 15 dias


Os profissionais chegaram às 4h30 nos locais e afirmam não darem conta dos seguidos aumentos no preço dos combustíveis. "Estamos contra o aumento dos combustíveis e não estamos aguentando. Passamos o aumento para os pais e já perdemos alunos por causa disso", disse Kleber Anselmo, motorista há 15 anos.

"Eu coloco R$ 350 de combustível por semana. Estão tirando as crianças da condução e estamos sem rodar", completou Kleber. A movimentação na Zona Sul acabou por volta das 10h, quando os motoristas partiram para entregar os mantimentos aos caminhoneiros.

Veja também

Vogue vai publicar nova capa com Kamala Harris após avalanche de críticas
Polêmica

Vogue vai publicar nova capa com Kamala Harris após avalanche de críticas

Joe Biden e Kamala Harris homenageiam 400 mil vítimas da Covid-19 no país
Estados Unidos

Biden e Kamala homenageiam 400 mil vítimas da Covid-19