Motoristas do Uber protestam em frente à casa de Geraldo Julio

Protesto durou pouco mais de uma hora

Western Western  - Foto: Internet/Reprodução

Após realizarem um pequeno ato diante da Prefeitura do Recife (PCR) no fim da tarde, motoristas do Uber seguiram para a frente da apartamento do prefeito Geraldo Julio, na Torre, Zona Norte do Recife, na noite desta terça-feira (4). O protesto durou pouco mais de uma hora. Por volta das 22h30, o grupo resolveu dispersar, porém promete realizar mais manifestações até o final desta semana.

A intenção inicial do grupo era acampar em frente à PCR, mas mudaram de ideia. Cerca de 20 carros estacionaram na rua Neto Campêlo, onde fica o edifício em que mora o prefeito do Recife. Com cartazes com frases de protesto, eles protestaram pacificamente em frente ao edifício.

Duas viaturas da Polícia Militar de Pernambuco (PMPE) permaneceram no local, porém não houve confronto com os manifestantes. 

Reivindicações

Motoristas do Uber têm reclamado que a Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) está apreendendo carros e estaria "armando" flagrantes contra os condutores.

Anderson Câmara, de 38 anos, disse que as decisões recentes da justiça e a violência de alguns taxistas têm atrapalhado o movimento. "Por conta da perseguição da PCR junto à CTTU, muitos passageiros estão deixando de utilizar o Uber", reclamou. "Os taxistas estão agindo como se tivessem poder de Polícia. Eles solicitam o Uber, impedem que os veículos saiam e chamam a CTTU", completou. Ele é motorista do serviço há 2 meses, desde que perdeu o emprego como assessor em um sindicato.

Resposta

Em nota, a CTTU informou que realiza ações regulares de fiscalização com base na Lei Federal 12.468/201, que determina que é atividade exclusiva dos profissionais taxistas o transporte público individual remunerado de passageiros. Em relação à regulamentação do Uber no município, a Prefeitura esclarece que qualquer legislação municipal nesse sentido deve estar adequada à legislação federal

Veja também

Equipes buscam sobreviventes de terremoto que deixou quase 20 mortos na Grécia e Turquia
Magnitude 7

Equipes buscam sobreviventes de terremoto que deixou quase 20 mortos na Grécia e Turquia

Por falta de dinheiro, fornecimento de água a cidades no Nordeste deve ser interrompido
Carros-pipa

Por falta de dinheiro, fornecimento de água a cidades no Nordeste deve ser interrompido