Movimento abaixo do normal nas BRs de Pernambuco neste feriado

Poucos carros são vistos nas BR 232, que liga Recife ao Agreste, e na BR 104, em Caruaru

Posto da PRF no Km 71 da BR 232, em GravatáPosto da PRF no Km 71 da BR 232, em Gravatá - Foto: Divulgação/PFR

Diferentemente do que se vê em um feriadão comum, o trânsito na BR-232 está abaixo do normal, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF). A rodovia é uma das principais ligações do Recife ao Interior de Pernambuco e é bastante usada por quem normalmente aproveita o feriado da Semana Santa em cidades como Gravatá e Bezerros, no Agreste.

Na BR-104, em Caruaru, também no Agreste, o trânsito também está bem abaixo do normal segundo a PRF. Neste ano, a corporação não está realizando a tradicional Operação Semana Santa em virtude da pandemia. No entanto a fiscalização e ações de combate ao crime continuam sendo realizadas normalmente segundo a assessoria de imprensa do órgão.

Leia também:
Pandemia muda os ritos da Páscoa; saiba como acompanhar as cerimônias
Pernambuco registra nove mortes e 129 casos de Covid-19 nas últimas 24h


Conforme levantamento da Polícia Rodoviária Federal, em dias normais, cerca de 30 mil veículos circulam na 232. Nos feriados prolongados pode chegar a 45 mil por dia. Mas o que vê nesta sexta-feira (10) são poucos carros na estrada. Cenário é reflexo das recomendações das autoridades para que a população fique em casa para evitar a transmissão da Covid-19.

Nessa quinta-feira (9), o governador Paulo Câmara (PSB) postou vídeo nas redes sociais pedindo que as pessoas não viajassem no fim de semana de Páscoa, para impedir o avanço do novo coronavírus no Estado. No pronunciamento, ele agradeceu os pernambucanos que "estão colaborando com o isolamento social" e reforçou aos demais que fiquem em casa.

"Use a tecnologia para falar com parentes, com amigos, com todos aqueles que vocês queiram, mas não vamos diminuir o isolamento social. Espero contar com a compreensão de todos nesse momento. Agradeço aqueles que estão colaborando com o isolamento social e apelo aos demais: Fiquem em casa. Muito obrigado", disse Câmara no vídeo.

Veja também

Fiocruz busca avaliar impactos do isolamento social por conta da Covid-19
Pesquisa

Fiocruz busca avaliar impactos do isolamento social por conta da Covid-19

Em depoimento sobre ferimentos, Joice Hasselmann critica Heleno e diz não confiar na PF
DEPOIMENTO

Em depoimento sobre ferimentos, Joice Hasselmann critica Heleno e diz não confiar na PF