Notícias

Movimento Pró-Criança abre 300 vagas para novos beneficiários

Projeto passa a oferecer aulas de robótica, além de cursos de informática, dança e música

Movimento Pró-Criança acolhe crianças carentesMovimento Pró-Criança acolhe crianças carentes - Foto: Divulgação

O Movimento Pró-Criança abriu inscrições para novos beneficiários. A instituição oferece cerca de 300 vagas nas duas unidades do Recife (nos Coelhos e no Bairro do Recife). As atividades têm início em fevereiro.

Para se candidatar a uma das vagas, os responsáveis devem procurar o setor Psicossocial na unidade onde pretende matricular o jovem. É preciso levar duas fotos 3x4 e cópias da certidão de nascimento ou RG do beneficiário e responsável, comprovante de residência, cartão do SUS e declaração escolar atualizada ou Ficha 19. A família é acolhida e passa por uma entrevista com psicóloga e assistente social, onde são analisadas as condições socioeconômicas e comportamentais. Esses são os critérios avaliados para efetivar a matrícula.

A novidade deste ano é a formação da primeira turma do curso de Robótica Educativa, que será desenvolvida pelo Núcleo de Inclusão Digital (NID) do Pró-Criança, nos Coelhos, área central do Recife. São dez vagas para crianças com idades entre 10 e 14 anos. O curso oferece vivência prática da robótica de forma transdiciplinar, garantindo o desenvolvimento de habilidades e competências em áreas como programação, lógica, automação e eletrônica.

O NID também está abrindo turmas para os cursos de Iniciação à Informática e de Recondicionamento de Computadores para estudantes de 13 a 25 anos. Ainda nos Coelhos, há oportunidades para jovens de 7 a 14 anos que queiram participar das atividades de Artes, Canto Coral ou de Judô.

No Espaço Maria Helena Marinho, no Bairro do Recife, há vagas para crianças de 6 a 12 anos interessadas em aprender Ballet e para adolescentes de 13 a 17 anos que queiram integrar a turma de Dança Popular. Na área de música, há oportunidades para aulas de Percussão, Violino/Viola e Violoncelo. Os grupos são formados por estudantes com idades entre 10 e 17 anos.

Além da educação complementar, as unidades do MPC oferecem apoio pedagógico, letramento, atividades em grupo com psicólogos, catequese e evangelização.

Veja também

Banco Mundial anuncia nova ajuda de US$ 4,5 bilhões para Ucrânia
Guerra na Ucrânia

Banco Mundial anuncia nova ajuda de US$ 4,5 bilhões para Ucrânia

Argentina: As estratégias para driblar uma inflação que pode chegar a 90% ao ano
Peso argentino

Argentina: As estratégias para driblar uma inflação que pode chegar a 90% ao ano