Enchente

Mulher e duas crianças seguem desaparecidas após serem arrastadas por enxurrada, em SP

Testemunhas relataram terem visto as três vítimas serem arrastadas pela enxurrada para dentro de um rio

Equipes do Corpo de Bombeiros fazem buscas na áreaEquipes do Corpo de Bombeiros fazem buscas na área - Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

Uma mulher e duas crianças foram arrastadas pela enxurrada quando atravessavam uma área com enchente na estrada do Curucutu, em Paralheiros, zona sul de São Paulo, nessa terça-feira (7). As vítimas seguem desaparecidas.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, testemunhas relataram terem visto as três vítimas serem arrastadas pela enxurrada para dentro de um rio. A corporação fez buscas pelos desaparecidos ao longo do rio, mas os trabalhos foram suspensos às 19h18 dessa terça. A tentativa de resgate continua na manhã desta quarta-feira (8).

Em outro ponto da cidade, o Corpo de Bombeiros encontrou, na noite desta terça-feira, o corpo de um menino de 12 anos que havia caído em um córrego que desemboca no rio Tietê. O garoto teria sido arrastado na avenida Caetano Zamataro, em Ponte Grande, Guarulhos (Grande São Paulo).

Até o momento, ainda não há informações sobre a identidade das vítimas. A instabilidade do tempo fez o Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGESP) decretar estado de atenção para alagamentos na cidade. O alerta foi encerrado às 13h30 desta terça-feira.

Segundo o CGESP, tempo instável em São Paulo se mantém até a quarta-feira. A partir da quinta-feira, as instabilidades se afastam da capital paulista e o sol volta a predominar.

Veja também

Pontes do Recife recebem nova pintura; veja imagensRevitalização

Pontes do Recife recebem nova pintura; veja imagens

Parado na Lei Seca, Adriano Imperador se recusa a fazer teste do bafômetroRio de Janeiro

Parado na Lei Seca, Adriano Imperador se recusa a fazer teste do bafômetro