Minas Gerais

Mulher é enterrada viva em cemitério; policiais a encontraram após escutarem pedidos de socorro

Exames apontaram que a vítima foi agredida e sofreu uma lesão na cabeça antes de ser enterrada

Mulher enterrada viva foi encaminhada para o SamuMulher enterrada viva foi encaminhada para o Samu - Foto: Divulgação/Polícia Militar

Uma mulher de 36 anos foi enterrada viva em um cemitário da cidade de Visconde do Rio Branco, em Minas Gerais. Os coveiros desconfiaram da estrutura do túmulo, pois o cimento estava fresco e havia sangue no local. 

Em seguida, policiais militares foram acionados, que escutaram a mulher - já com a voz fraca - pedindo socorro.  Então, os funcionários do cemitério foram acionados para quebrar o túmulo. A mulher foi socorrida pelo Samu e conduzida ao Hospital São João Batista. Exames apontaram que a vítima foi agredida e sofreu uma lesão na cabeça antes de ser enterrada. 

De acordo com a Polícia Civil, dois suspeitos são apontados por enterrarem a mulher viva. 

E a Polícia Militar indica que a vítima teria guardado entorpecentes para  esses dois homens, e que o material havia sido extraviado. Por esse motivo, a dupla foi até a casa dela e a agrediu. 

Os policiais militares divulgaram nesta terça-feira (28) um vídeo (veja abaixo) mostrando o túmulo em que uma mulher foi encontrada enterrada viva.  No vídeo, o policial relata como foi realizado o resgate da vítima. A Polícia Civil está apurando o caso. 

 

Veja também

Quatro navios dos EUA encalham perto de cais temporário em Gaza
Gaza

Quatro navios dos EUA encalham perto de cais temporário em Gaza

Governo do Rio Grande do Sul sanciona lei que institui plano de reconstrução do estado
Rio Grande do Sul

Governo do Rio Grande do Sul sanciona lei que institui plano de reconstrução do estado

Newsletter