Mulher é vítima de latrocínio ao sair de show no Recife

Vítima estava acompanhada do namorado

Fachin negou pedido da defesa do ex-presidente Lula para suspender sua inelegibilidade e manter sua candidatura Fachin negou pedido da defesa do ex-presidente Lula para suspender sua inelegibilidade e manter sua candidatura  - Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula/Fotos Públic

Uma mulher foi vítima de latrocínio na madrugada deste domingo (23) na avenida Agamenon Magalhães, próximo à Fabrica Tacaruna, em Campo Grande, Zona Norte do Recife. De acordo com o delegado de plantão do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), Joaquim Braga, Karolinne Marry de Oliveira, 24 anos, estava acompanhada do namorado.

Eles saíam do Festival Festeja Recife, que ocorreu no área externa do Centro de Convenções de Pernambuco, quando foram abordados pelo assaltante no estacionamento do local. O companheiro da vítima, que dirigia o veículo, entregou o celular dele, porém o suspeito não aceitou e pediu o da mulher. Quando a vítima procurava o objeto na bolsa para entregá-lo, o namorado tentou escapar da situação e deu partida no veículo, que é automático. Nesse momento, o criminoso atirou uma única vez contra o automóvel do casal. O tiro atingiu a jovem no tórax.

O namorado tentou socorrê-la e a levou ao Hospital da Restauração (HR), no Derby, área central. De acordo com a unidade de saúde, Karolinne Marry já chegou morta no hospital. O corpo da vítima foi conduzido ao Instituto de Medicina Legal (IML), em Santo Amaro, no final da manhã deste domingo (23).

Segundo o delegado, o namorado prestou depoimento no DHPP. Ele informou que o rapaz chegou a pedir auxílio a policiais militares da Operação Lei Seca, mas os PMs não conseguiram localizar o assassino. Conforme Joaquim Braga, a Polícia Civil realiza diligências na região para tentar encontrar o suspeito. O caso será investigado pela 2ª Delegacia de Polícia.

Veja também

Letalidade menor da Covid-19 eleva dúvidas sobre confinamentos, diz epidemiologista
Entrevista

Letalidade menor da Covid-19 eleva dúvidas sobre confinamentos, diz epidemiologista

Arce assumirá as rédeas de uma Bolívia polarizada e em crise econômica
América Latina

Arce assumirá as rédeas de uma Bolívia polarizada e em crise econômica