POLÍCIA

Mulheres são executadas em Paudalho; uma das vítimas era mãe de suspeito de matar PMs

Primeiras informações são de que as duas são mãe e esposa do assassino dos policiais, identificado inicialmente como Alex Samurai

Fachada do Instituto de Medicina Legal (IML), na cidade do RecifeFachada do Instituto de Medicina Legal (IML), na cidade do Recife - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Duas mulheres foram mortas a tiros em Paudalho, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, nesta sexta-feira (15). Elas eram parentes de Alex Silva, suspeito de matar dois policias militares em Camaragibe, na Região Metropolitana do Recife (RMR), na noite de quinta-feira (14).

De acordo com a Delegacia de Paudalho, uma das mulheres foi alvo de três disparos de arma de fogo, inclusive na cabeça. A outra foi atingida por dois disparos

Uma das vítimas foi identificada como Maria José Pereira da Silva, de 52 anos. A outra não foi identificada e tem aproximadamente 25 anos. As primeiras informações são de que as duas são mãe e esposa, respectivamente, de Alex Silva, que também foi executado nesta manhã.

A Delegacia de Paudalho afirmou que o crime pode ter sido motivado por vingança. Não se sabe se as mulheres tinham histórico de criminalidade. 

Além das duas mulheres, os três irmãos de Alex Silva - Agata Ayanne da Silva, Amerson Juliano da Silva e Apuynã Lucas da Silva - foram mortos por dois homens encapuzados. O crime ocorreu rua São Geraldo, na madrugada nesta sexta-feira (15).

 

 

Veja também

Dia Nacional de Doação de Leite Humano: Brasil é referência internacional em bancos do alimento
Saúde

Dia Nacional de Doação de Leite Humano: Brasil é referência internacional em bancos do alimento

Nível do Guaíba cai 17 cm em Porto Alegre e segue baixando
Rio Grande do Sul

Nível do Guaíba cai 17 cm em Porto Alegre e segue baixando

Newsletter