39 pessoas morrem em queda de avião russo em base síria

O avião Antonov An-26 levava 33 passageiros e 6 tripulantes e caiu a 500 metros da pista

Avião russo que caiu na Síria era do modelo AntonovAvião russo que caiu na Síria era do modelo Antonov - Foto: Lucas Lacaz Ruiz / Folhapress

Um avião militar russo caiu em uma base aérea instalada pelo país na Síria, nesta terça-feira (6), matando 39 pessoas, disse o Ministério da Defesa russo. O avião Antonov An-26 levava 33 passageiros e 6 tripulantes e caiu a 500 metros da pista. Segundo militares russos, houve um "erro técnico". Inicialmente, o Kremlin informou que 32 pessoas tinham morrido.

A Rússia é aliada do ditador da Síria, Bashar al-Assad, e tem uma base em Hmeymim, no noroeste daquele país, perto do Mediterrâneo, onde houve o acidente. A instalação militar não fica perto de locais de conflito atuais na guerra civil síria, mas houve bombardeios no local em dezembro. O Ministério da Defesa russo diz que a aeronave, de carga, não foi atingida por fogo inimigo, mas informou que o acidente será investigado.

Leia também:
Encontrados destroços de avião russo que caiu no Mar Negro
Rússia veta resolução da ONU sobre ataque químico na Síria
Oito militares morrem em acidente aéreo em Cuba


Em 2016, um avião levando uma orquestra militar russa à Síria caiu no mar Negro, matando 92 pessoas. Houve outras mortes de forças de Vladimir Putin na Síria, como em um incidente em fevereiro, quando rebeldes derrubaram um avião militar russo e mataram o piloto, que tinha se ejetado. No mês passado, cerca de 300 funcionários de uma empresa militar privada russa se feriram ou foram mortos em um ataque.

Veja também

Após morte de George Floyd, capas de revistas com negros disparam
EUA

Após morte de George Floyd, capas de revistas com negros disparam

Pandemia implode sistema de testes, e Alemanha e França reimpõem bloqueios
Coronavírus

Pandemia implode sistema de testes, e Alemanha e França reimpõem bloqueios