A duas semanas da eleição, mais de 10 milhões já votaram nos EUA

Mecanismo de voto antecipado parece dar alguma vantagem para a candidata democrata, Hillary Clinton

Luiz Carlos Barros Figueiredo, presidente do TRE-PE, apresentando o Relatório Final do Rezoneamento em Pernambuco, na sede do TRE-PELuiz Carlos Barros Figueiredo, presidente do TRE-PE, apresentando o Relatório Final do Rezoneamento em Pernambuco, na sede do TRE-PE - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Mais de 10 milhões de eleitores dos Estados Unidos já haviam votado para presidente até a noite desta terça-feira (25), a duas semanas das eleições no país. As estatísticas foram fornecidas pelo site United States Elections Project e pelo grupo de análise eleitoral da agência de notícias Associated Press.

A legislação eleitoral dos EUA permite que o voto seja antecipado, ou que cidadãos votem pelo correio. A medida é uma forma de facilitar a participação, o que é importante em um país onde o voto não é obrigatório.

Como o sistema eleitoral é descentralizado, cada Estado estabelece regulações próprias para o voto antecipado. Existem mecanismos de voto antecipado em 36 Estados e no Distrito de Columbia (sede da capital americana, Washington).

Espera-se que 45 milhões registrem sua escolha antes do dia da eleição, 8 de novembro, e que a votação antecipada possa atingir 40% do eleitorado.

Caso essa previsão venha de fato a se confirmar, será reforçada uma tendência crescente entre os eleitores americanos de preferência por votar antecipadamente. Em 2012, foram registrados 35% de votos antecipados, já em 2000 foram apenas 16%, segundo a AP.

VANTAGEM DEMOCRATA

Nas eleições de 2016, o mecanismo de voto antecipado parece dar alguma vantagem para a candidata democrata, Hillary Clinton, cuja campanha tem uma estrutura maior que a de seu rival republicano, Donald Trump.

Tendo isso em vista, a equipe de Hillary apostou em uma mobilização massiva para registrar eleitores e para estimulá-los a depositar seus votos, antecipadamente ou no dia da eleição.

Para motivar as pessoas a votar, vale de tudo: e-mails, telefonemas, mensagens de texto e até bater de porta em porta. Essa pressão deve contribuir para um maior comparecimento às urnas em favor da democrata.

Ainda assim, os votos antecipados só serão apurados após o fechamento das urnas, em 8 de novembro, e uma provável vantagem de Hillary na votação antecipada não lhe garante a vitória na corrida pela Casa Branca.

Veja também

Nova fase de testes para vacina chinesa contra Covid-19 começa em 20 de julho
Coronavírus

Nova fase de testes para vacina chinesa contra coronavírus começa em 20 de julho

Em anúncio de campanha, Trump promete proteger Cristo Redentor
Campanha

Em anúncio de campanha, Trump promete proteger Cristo Redentor