Acordo de cessar-fogo de Turquia e Rússia bem próximo

Agência de notícias garante que Rússia e Turquia acertaram trégua em toda a Síria, nos moldes de Aleppo

Confira as principais manchetes de hojeConfira as principais manchetes de hoje - Foto: Divulgação

 

Turquia e Rússia negociam um acordo de cessar-fogo em todo o território sírio que, segundo a agência turca Anadolu, já teria sido alcançado ontem, embora as principais partes não o tenham confirmado. Labib Al Nahhas, chefe das relações exteriores do poderoso grupo rebelde sírio Ahrar al-Charm, confirmou à AFP que “está a par das negociações em curso entre a Rússia e a Turquia sobre um cessar-fogo nacional” na Síria. Mas, acrescentou que os grupos rebeldes não receberam nenhuma proposta oficial e que persistem obstáculos antes de um eventual acordo.

O plano tem como objetivo estender ao território sírio o cessar-fogo instaurado há duas semanas em Aleppo, que permitiu a retirada de milhares de combatentes e civis dos bairros rebeldes.
O porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, afirmou que não tem “informações suficientes” para confirmar este acordo. O presidente turco, Recep Taiyyp Erdogan, que fez um discurso pela manhã, tampouco mencionou o cessar-fogo. Uma autoridade rebelde síria afirmou à AFP em Beirute, sob a condição de manter sua identidade preservada, que os detalhes não foram submetidos aos grupos rebeldes e, portanto, não há acordo.
Turquia e Rússia estão trabalhando para que o plano entre em vigor nesta quarta-feira à meia-noite, ressaltou a Anadolu, sem revelar mais detalhes. O acordo, que ainda não foi confirmado oficialmente por fontes turcas ou russas, exclui os “grupos terroristas”.
Em caso de sucesso, o acordo servirá de base para as negociações políticas entre o regime sírio e a oposição, que Moscou e Ancara desejam organizar em Astana, capital do Cazaquistão.
A Anadolu também não informa onde e como o plano foi negociado, mas nas últimas semanas aconteceram reuniões entre Turquia, Rússia e representantes da oposição síria em Ancara. Um novo encontro entre representantes russos, turcos e da oposição síria armada acontecerá hoje em Ancara, informou o canal Al-Jazeera.
Rússia e Turquia têm grande participação no conflito sírio, com apoio a forças adversas. Ancara apoia a oposição e pede a saída do poder do presidente sírio Bashar al-Assad, que conta com o respaldo veemente de Moscou, assim como do governo do Irã. Mas nos últimos meses, depois de superar a crise provocada pela derrubada de um caça russo pela Força Aérea da Turquia no fim de 2015, os dois países iniciaram uma cooperação estreita na Síria.

 

Veja também

Policiais do Capitólio prendem homem que tentou passar por barreira com arma carregada
Capitólio

Policiais do Capitólio prendem homem que tentou passar por barreira com arma carregada

EUA realiza última execução do mandato de Trump
EUA

EUA realiza última execução do mandato de Trump