Alemanha condena disparos iranianos na Síria

Governo da Alemanha considerou uma "grave provocação" os disparos iranianos a partir da Síria contra a parte de Golã ocupada por Israel.

As colinas Golã ficam na fronteira entre a Síria e Israel, mas foram conquistadas por este último desde 1967As colinas Golã ficam na fronteira entre a Síria e Israel, mas foram conquistadas por este último desde 1967 - Foto: Menahem Kahana / AFP

O governo alemão chamou de "grave provocação" os disparos iranianos a partir da Síria contra a parte de Golã ocupada por Israel. "Estes ataques são uma grave provocação que condenamos com veemência", afirma um comunicado do ministério das Relações Exteriores. "Israel tem o direito de proteger-se", completa a nota, mas é necessário evitar uma escalada maior.

Leia também:
Ataques israelenses na Síria matam pelo menos 23 combatentes
Israel lança dezenas de mísseis contra bases militares na Síria


Israel anunciou nesta quinta-feira (10) que bombardeou quase todas as infraestruturas iranianas na Síria durante a noite em represália pelos disparos de foguetes contra suas posições no Golã, atribuídas ao Irã, em uma forte escalada de tensão entre os dois países inimigos.

Veja também

EUA não suspenderão proibições a viagens, apesar do anúncio de Trump, diz porta-voz de Biden
Pandemia

EUA não suspenderão proibições a viagens, apesar do anúncio de Trump, diz porta-voz de Biden

Oxigênio enviado a Manaus pela Venezuela cruza fronteira com o Brasil
Solidariedade

Oxigênio enviado a Manaus pela Venezuela cruza fronteira com o Brasil