Alerta de tsunami é retirado após terremoto de magnitude 6,4 na Indonésia

A Indonésia fica no chamado Círculo de Fogo do Pacífico, um foco de atividades sísmicas.

A mesma região foi afetada por tsunami em 2004A mesma região foi afetada por tsunami em 2004 - Foto: Michael L. / US Department of Defense

Um terremoto de magnitude 6,4 atingiu a costa leste da Indonésia às 17h14 deste domingo (25), no horário local equivalente às 5h14 da segunda-feira (26). Isso fez disparar um breve alerta de tsunami, que retirado rapidamente, de acordo com organizações de monitoramento sísmico.

O terremoto aconteceu a 171 quilômetros de profundidade no mar de Banda, em frente às Ilhas Molucas, conforme relatou o Serviço Geológico dos Estados Unidos.

Leia também:
Pacífico vive alerta de tsunami após forte tremor
Após terremoto, risco de tsunami faz moradores evacuarem Fukushima

O alerta de tsunami foi disparado inicialmente pelo Sistema de Alerta e Mitigação de Tsunamis no Oceano Índico (IOTWMS, na sigla em inglês). Contudo, em seu segundo boletim, o IOTWMS informou que não havia "ameaça aos países do oceano Índico".

O epicentro do tremor aconteceu em uma parte isolada do mar de Banda, a 380 quilômetros de Ambon, capital da província de Maluku. Perto dali, um abalo similar, de magnitude 6,1, em 26 de fevereiro, não causou danos.

A Indonésia fica no chamado Círculo de Fogo do Pacífico, um foco de atividades sísmicas. Embora seja frequentemente atingida por terremotos, eles são, em sua maioria, inofensivos. O arquipélago, contudo, se mantém em alerta para tremores que possam provocar tsunamis.

Em 2004, um tsunami devastador provocado por um terremoto de magnitude 9,3 no fundo do mar em Sumatra matou 220 mil pessoas em países do oceano Índico, 168 mil delas na Indonésia.

Veja também

Nasa anuncia descoberta inédita de água na superfície da Lua iluminada pelo Sol
Descoberta espacial

Nasa anuncia descoberta inédita de água na superfície da Lua iluminada pelo Sol

Embaixadora das Filipinas no Brasil é chamada de volta ao país após maltratar funcionária
Mundo

Embaixadora das Filipinas no Brasil é chamada de volta ao país após maltratar funcionária