Ano Novo na Holanda com tradicional mergulho no Mar do Norte

Holandeses celebram todos os anos a mudança de ano com detonações ensurdecedoras e descontínuas de fogos de artifício em cada esquina

Milhares de pessoas correm para a água durante tradicional mergulho de Ano Novo no Mar do Norte, em The Hague  Milhares de pessoas correm para a água durante tradicional mergulho de Ano Novo no Mar do Norte, em The Hague  - Foto: Bart Maat/ANP/AFP

Milhares de pessoas mergulharam na água fria do Mar do Norte nesta terça-feira (1) para celebrar o Ano Novo na Holanda, onde, na véspera, uma fogueira gigantesca semeou o caos. Como é tradição, no dia 1º de janeiro é organizado em todo o país um multitudinário mergulho nas águas do Mar do Norte, cujas temperaturas não superam os 7ºC .

"Foi glacial", exclamou Hillary, uma inglesa de 28 anos, na praia de Scheveningen, bairro balneário de Haia, onde 10 mil pessoas mergulharam, segundo os organizadores. As ruas de Scheveningen ainda têm vestígios do caos provocado por uma fogueira que acabou ficando fora de controle na noite de segunda-feira.

Uma fogueira na praia feita com uma pilha de paletes de madeira, com 40 metros de altura, acabou com as chamas fora de controle devido a fortes rajadas de vento, o que gerou uma chuva de brasas e faíscas em todo o bairro. As brasas e fagulhas causaram vários incêndios sem registro de vítimas, em meio a uma cidade onde escutava-se os fogos de artifício lançados por seus habitantes.

Os holandeses celebram todos os anos a mudança de ano com detonações ensurdecedoras e descontínuas de fogos de artifício em cada esquina. Em Enschede (leste) um homem foi encontrado morto pouco depois da meia-noite após uma explosão "gigantesca", segundo testemunhas. Outro morreu na localidade de Morra, provavelmente à margem dos disparos de fogos de artifício, de acordo com a polícia.

Outras duas pessoas também morreram, embora ainda não se saiba se há ligação com as celebrações.

Veja também

Acusado de furar fila da vacina, chefe do Estado-Maior espanhol renuncia
Coronavírus

Acusado de furar fila da vacina, chefe do Estado-Maior espanhol renuncia

Oslo em semiconfinamento devido a surto de variante inglesa do coronavírus
Coronavírus

Oslo em semiconfinamento devido a surto de variante inglesa do coronavírus