Apesar de confrontos isolados, trégua na Síria entra em vigor

Acordo é uma tentativa de por fim aos violentos conflitos entre forças pró e contra Assad

Agenda de Lessa pela Mata SulAgenda de Lessa pela Mata Sul - Foto: Divulgação

O cessar-fogo assinado na Síria pelo governo de Bashar al-Assad e por sete grupos rebeldes, após o documento elaborado pela Rússia e pela Turquia ter sido aprovado, está vigorando na maior parte do país a partir desta sexta-feira (30), segundo informações da Agência Ansa.

Segundo o Observatório Sírio para os Direitos Humanos, pouco após duas horas de calmaria, alguns confrontos foram registrados em pontos isolados e a trégua foi violada pelos dois lados. Os rebeldes violaram o acordo e retomaram a província de Hama, enquanto o governo teria bombardeado vilas em Atshan e Skeiik, na província de Idlib. Não há informações de vítimas.

O acordo é uma tentativa de por fim aos violentos conflitos entre forças pró e contra Assad, que já duram quase seis anos, e que deixaram milhões de desabrigados e milhares de mortos.

Se a trégua for respeitada, serão iniciadas as conversas para firmar um acordo de paz entre as partes, em reuniões que serão realizadas no Cazaquistão, no ano que vem.

Veja também

Washington reforça segurança por risco de violência antes da posse de Biden
Mundo

Washington reforça segurança por risco de violência antes da posse de Biden

Turba que tomou Capitólio pretendia 'capturar e assassinar' legisladores
EUA

Turba pretendia 'capturar e assassinar' legisladores