Arma usada por Amri na Itália é a mesma do atentado de Berlim

Polícia forense chegou a esta conclusão depois de comparar os cartuchos das balas disparadas em Berlim e em Sesto San Giovanni

Deputado Danilo cabral (PSB-PE) Deputado Danilo cabral (PSB-PE)  - Foto: Chico Ferreira/PSB na Câmara

A arma utilizada na Itália pelo tunisiano Anis Amri é a mesma que ele usou para matar o motorista polonês do caminhão com o qual avançou contra o mercado de Natal de Berlim no dia 19 de dezembro, informou nesta quarta-feira (4) a polícia italiana.

A polícia forense chegou a esta conclusão depois de comparar os cartuchos das balas disparadas em Berlim e em Sesto San Giovanni, no norte de Milão, onde Amri feriu no dia 23 de dezembro um policial antes de ser abatido em um controle policial de rotina, segundo um comunicado da polícia nacional italiana.

O tunisiano, de 24 anos, que havia cruzado a Europa com esta arma depois de cometer o atentado na capital alemã, feriu no ombro um policial italiano quando ele, junto a outro colega, pediu para que esvaziasse a mochila em uma simples revista às 03h00 da madrugada.

A comparação balística permitiu estabelecer com certeza que esta mesma arma havia sido utilizada para matar o motorista do caminhão polonês.

Os especialistas, em colaboração com os investigadores alemães, tentam agora esclarecer se outros crimes foram cometidos com esta arma.

Veja também

Pandemia reduziu migração mundial em 30%, aponta ONU
Mundo

Pandemia reduziu migração mundial em 30%, aponta ONU

Trump sairá de Washington horas antes da posse de Biden na quarta-feira (20)
Estados Unidos

Trump sairá de Washington horas antes da posse de Biden na quarta-feira (20)