Ataque suicida em casamento deixa 14 mortos na Síria

Ataque aconteceu no interior de um salão no povoado de Al-Tall, na cidade de Hassaké, no nordeste do país

Caetano Moreno Zeca Tom VelosoCaetano Moreno Zeca Tom Veloso - Foto: Jorge Bispo/Divulgação

Ao menos 14 civis morreram e dezenas ficaram feridos em um ataque suicida em um casamento perto da cidade de Hassaké (nordeste da Síria), segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

"Um suicida se explodiu no interior de um salão no povoado de Al-Tall, ao norte de Hassaké, onde era realizado o casamento de um combatente das Forças Democráticas Sírias (FDS), matando ao menos 14 pessoas e ferindo dezenas", informou à AFP Rami Abdel Rahman, diretor do OSDH. As FDS são uma coalizão árabe-curda que combate o grupo extremista Estado Islâmico (EI).

Veja também

Trump ataca revolução cultural "de esquerda" no Monte Rushmore
Estados Unidos

Trump ataca revolução cultural "de esquerda" no Monte Rushmore

Indonésia enfrenta possível explosão da natalidade após a pandemia
Notícias

Indonésia enfrenta possível explosão da natalidade após a pandemia