Atirador do jornal nos EUA queria matar o maior número de pessoas possível

Suspeito, identificado nos autos judiciais como Jarrod Ramos, de 38 anos, usou uma escopeta comprada legalmente há cerca de um ano

Atirador, identificado nos autos judiciais como Jarrod Ramos, de 38 anosAtirador, identificado nos autos judiciais como Jarrod Ramos, de 38 anos - Foto: Jose Romero/Anne Arundel Police/AFP

O atirador que atacou na quinta-feira (28) a redação de um jornal de Annapolis, Maryland, queria matar o maior número de pessoas possível, informou a polícia local nesta sexta-feira (29).

O suspeito, identificado nos autos judiciais como Jarrod Ramos, de 38 anos, usou uma escopeta comprada legalmente há cerca de um ano, acrescentou o chefe da polícia do condado de Anne Arundel, Timothy Altomare, falando à imprensa. Ele se negou a falar o nome do atacante. "Ele não merece que falemos dele um segundo mais", afirmou.

Leia também:
Jornal norte-americano aparece com página em branco após ataque


Altomare disse que a polícia identificou Ramos mediante técnicas de reconhecimento facial usando a base de dados de Maryland, já que o assassino esteve em contato com a polícia do condado no pasado.

Segundo contou, um agente da polícia visitou Ramos em maio de 2013 depois de ameaças feitas contra o Capital Gazette. Altomare disse ainda que foram encontradas provas na casa do suspeito que "mostram que o planejamento do ataque".

A procuradoria anunciou que Ramos foi detido durante sua audiência de apresentação de acusação na manhã desta sexta. São cinco acusações formais de assassinatos.

Veja também

EUA não suspenderão proibições a viagens, apesar do anúncio de Trump, diz porta-voz de Biden
Pandemia

EUA não suspenderão proibições a viagens, apesar do anúncio de Trump, diz porta-voz de Biden

Oxigênio enviado a Manaus pela Venezuela cruza fronteira com o Brasil
Solidariedade

Oxigênio enviado a Manaus pela Venezuela cruza fronteira com o Brasil