A-A+

Austrália anuncia novas medidas ante a crise dos morangos

Foi anunciado, entre as medidas, o financiamento de estudos para criar embalagens que evitem a manipulação dos morangos

A crise dos morangos na Austrália também foi sentida na Nova ZelândiaA crise dos morangos na Austrália também foi sentida na Nova Zelândia - Foto: Patrick Hamilton/AFP

O primeiro-ministro australiano Scott Morrison anunciou nesta quinta-feira (27) novas medidas de apoio aos agricultores depois que casos de morangos com agulhas dentro das frutas provocaram uma onda de pânico no país e na região.

Morrison anunciou o reforço dos controles de exportação para tranquilizar os clientes estrangeiros, assim como o financiamento de estudos para criar embalagens que evitem a manipulação dos morangos ou análises com raios X. "Também estamos trabalhando para melhorar a comunicação na rede de abastecimento para os mercados internacionais", declarou o chefe de Governo.

Leia também:
Morangos com agulhas, vindos da Austrália, chegam à Nova Zelândia
Rede de supermercados para de vender agulhas após escândalo com morangos
Jornal australiano volta a publicar charge polêmica com Serena
Terremoto de 6,9 graus sacode o norte da Nova Zelândia
Justiça do Rio pede prisão de acusado de matar ex-namorada na Austrália

A crise também afeta a Nova Zelândia, onde foram encontradas agulhas em morangos australianos importados. Nesta quinta-feira, a rede de supermercados de Singapura NTUC FairPrice confirmou a suspensão, por precaução, das importações de morangos australianos. Na Austrália, os consumidores estão mobilizados para apoiar os produtores.

"Seja quem for o idiota que começou isto, sua idiotice foi completa e totalmente esmagada pelo bom caráter dos australianos que estão ao lado de nossos produtores de morango", disse o primeiro-ministro.

Veja também

Mais de 50 países não atingem meta da OMS de vacinar 10% da população contra Covid
Imunização

Mais de 50 países não atingem meta da OMS de vacinar 10% da população contra Covid

Índia vai exportar oito milhões de vacinas anticovid em outubro
Vacinas

Índia vai exportar oito milhões de vacinas anticovid em outubro