Avenida Champs-Elysées, em Paris, é alvo de possível atentado

Disparos ocorreram numa das avenidas mais famosas do mundo. A pessoa que iniciou o tiroteio foi morta, segundo fonte policial

Champs ElyseeChamps Elysee - Foto: wikipedia

Um policial foi morto e outro ficou ferido em um tiroteio registrado na noite desta quinta-feira(20) na avenida Champs Elysées, em Paris, e a seção terrorista do Ministério Público parisiense abriu uma investigação sobre o caso, reportado às vésperas do primeiro turno das eleições presidenciais.

O ministério do Interior da França informou que o atacante foi morto no incidente registrado nesta famosa avenida, um disputado ponto turístico da capital francesa. Uma fonte judicial confirmou a morte do autor do ataque.

Dezenas de veículos de emergência deslocaram-se para a área, que foi isolada.

Paralelamente, a seção antiterrorista do Ministério Público de Paris abriu uma investigação sobre o caso.

O primeiro-ministro francês, Bernard Cazeneuve, dirigiu-se ao Palácio do Eliseu, para se reunir com o presidente François Hollande.

O tiroteio ocorre dois dias depois de a Polícia deter dois homens em Marselha (sul), suspeitos de preparar um ataque "iminente" dias antes do primeiro turno das eleições, no domingo.

A França se encontra em estado de emergência desde uma série de atentados extremistas, iniciada em 2015 e que causou a morte de mais de 230 pessoas.

Milhares de soldados e policiais armados foram enviados ao local para proteger pontos turísticos como a Champs Elysées e outros alvos em potencial, como prédios do governo e sítios religiosos.

 

Mais informações em instantes

 

Veja também

Vulcão Etna entra em erupção
FENÔMENO

Vulcão Etna entra em erupção

Trump deixa Casa Branca pela última vez como presidente
Fim do mandato

Trump deixa Casa Branca pela última vez como presidente