Avianca suspende voos a Caracas após incidente com caça venezuelano

Empresa é colombiana e país tem histórico de relações conturbadas com a Venezuela

Na visita, o governador percorreu todos os boxes da FenearteNa visita, o governador percorreu todos os boxes da Fenearte - Foto: Divulgação

A aérea colombiana Avianca anunciou que suspendeu voos para Caracas e que está evitando o espaço aéreo venezuelano depois que um caça militar venezuelano se aproximou de um seus aviões, criando um incidente diplomático.

O ministério da Defesa da Colômbia disse que o avião ia de Madri a Bogotá quando o piloto viu no radar outra aeronave próxima. Ele notificou as autoridades colombianas e desviou da sua rota. Quatro minutos depois, o avião militar saiu de perto, e o jato retomou seu plano de voo original.

Depois que o avião pousou em Bogotá, autoridades venezuelanas disseram que o caça fazia um patrulhamento de rotina. "Estamos esperando que eles [Venezuela] garantam as condições de segurança necessárias para operarmos", disse Gilma Usuga, porta-voz da Avianca.

Os dois países têm um histórico de relações conturbadas. O governo venezuelano por vezes acusa a Colômbia de provocações, enquanto os colombianos dizem que Caracas dá apoio a guerrilhas no território da Colômbia.

Autoridades venezuelanas disseram que o presidente venezuelano Nicolás Maduro ordenou que o incidente seja investigado.

Veja também

Astronauta estadunidense vota do espaço
Eleições EUA

Astronauta estadunidense vota do espaço

Para estimular ida às urnas, revista Time substitui logotipo pela 1º vez
internacional

Para estimular ida às urnas, revista Time substitui logotipo pela 1º vez