Avião da Air Canada faz pouso de emergência em Madri

Antes de poder pousar, o avião, destinado a Toronto, foi forçado a sobrevoar a região de Madri para queimar parte de seu combustível

Air Canada Boeing 767 após realizar pouso de emergênciaAir Canada Boeing 767 após realizar pouso de emergência - Foto: JAVIER SORIANO / AFP

Um avião da Air Canada com 128 passageiros a bordo fez um pouso de emergência nesta segunda-feira à noite no aeroporto de Madri devido a um problema técnico, disseram autoridades espanholas.

Este Boeing 767-300, que decolou do aeroporto de Madri à tarde, pousou por volta das 19h10 (15h10 no horário de Brasília), "sem problemas", informou no Twitter a Enaire, a autoridade de controle de tráfego aéreo da Espanha.

Antes de poder pousar, este avião, destinado a Toronto, foi forçado a sobrevoar a região de Madri para queimar parte de seu combustível.

Leia também:
Sargento da FAB preso com cocaína na Espanha vira réu por tráfico internacional
Trump assina o T-MEC, o novo tratado comercial com México e Canadá


"O voo AC837 da RCanada, que fazia a rota Madri-Toronto, teve um problema no motor logo após a decolagem. Um pneu também estourou na decolagem", disse um porta-voz da empresa canadense à AFP.

"A aeronave escolheu dar meia-volta para voltar a Madri e teve que voar em círculos para queimar combustível e diminuir o peso para o pouso", acrescentou.

De acordo com o site do aeroporto, o voo AC 837 da Air Canada decolou às 14h33 (10h33 de Brasília).

Os serviços de emergência mobilizaram bombeiros e equipes médicas, enquanto o ministro dos Transportes, José Luis Abalos, foi ao aeroporto para acompanhar o pouso.

A Força Aérea espanhola também enviou um avião de caça F-18 perto do Boeing para verificar as condições do trem de pouso, segundo o ministério da Defesa.

Esse pouso de emergência ocorreu poucas horas após o fechamento temporário do espaço aéreo ao redor do aeroporto de Madri, devido à presença presumida de drones.

Veja também

Pandemia de Covid causou aumento de mortes por malária em 2020, diz OMSMalária

Pandemia de Covid causou aumento de mortes por malária em 2020, diz OMS

Regulador europeu autoriza tratamento contra artrite para casos graves da Covid-19Tocilizumabe

Regulador europeu autoriza tratamento contra artrite para casos graves da Covid-19