A-A+

Avião militar cai no Sudão e deixa ao menos 18 mortos, inclusive crianças

O avião caiu cinco minutos depois da decolagem do aeroporto de Geneina, capital do estado de Darfur-Oeste

Dezoito pessoas, incluindo quatro crianças, morreram nesta quinta-feira (2) no acidente com um avião militar sudanês após a decolagem de Darfur, no oeste do Sudão, aonde tinha levado ajuda humanitária, informou o Exército em um comunicado.

O avião caiu cinco minutos depois da decolagem do aeroporto de Geneina, capital do estado de Darfur-Oeste, cenário nos últimos dias de combates entre tribos que deixaram cerca de 50 mortos. São investigadas as causas do acidente, acrescentou o Exército.

"Um avião militar Antonov 12 caiu após decolar de Geneina. Todos os seus ocupantes, sete tripulantes, três juízes e oito civis, incluindo quatro crianças, morreram", disse o porta-voz militar Amer Mohammed Al Hasan no comunicado.

Leia também:
Avião cai no Cazaquistão e mata pelo menos 12 pessoas
Avião fica preso em ponte na Índia


Mais cedo, uma fonte militar havia relatado o acidente de um avião que transportou ajuda humanitária para os habitantes afetados pela violência em Geneina, embora não tenha fornecido mais detalhes.

De acordo com a Cruz Vermelha local, pelo menos 48 pessoas morreram e 241 ficaram feridas no domingo e na segunda-feira durante brigas entre tribos rivais, árabes e africanas em Geneina, Darfur, uma região devastada pela violência desde 2003.

Dezenove feridos estão em estado crítico e foram transferidos para Cartum, 1.100 km a leste de Geneina.

Veja também

Inteligência dos EUA adverte que mudança climática é ameaça à segurança nacional
Casa Branca

Inteligência dos EUA adverte que mudança climática é ameaça à segurança nacional

Procuradoria investigará presidente do Equador por fraude tributária após Pandora Papers
Equador

Procuradoria investigará presidente do Equador por fraude tributária após Pandora Papers