Balanço de tsunami na Indonésia sobe para 281 mortos

Números ainda apontam para mais de mil feridos e 57 pessoas desaparecidas

Tsunami deixou rastro de destruição na IndonésiaTsunami deixou rastro de destruição na Indonésia - Foto: Adek Berry/AFP

O balanço de vítimas fatais do tsunami provocado por uma erupção vulcânica na Indonésia subiu para 281, com mais de mil feridos, anunciou a Agência Nacional de Gestão de Desastres nesta segunda-feira (24), ao mesmo tempo que prosseguem as buscas de sobreviventes.

"O número de vítimas e de anos continuará aumentando", afirmou o porta-voz da agência, Sutopo Purwo Nugroho, que também citou 57 pessoas desaparecidas. O balanço anterior registrava 222 mortos.

Leia também:
Tsunami deixa mais de 220 mortos na Indonésia
Vídeo mostra momento em que tsunami atinge show na Indonésia; assista
Itamaraty não recebeu notícias de brasileiros vítimas de tsunami

Centenas de edifícios foram danificados pela onda gigante, que atingiu praias do sul da ilha de Sumatra e do extremo oeste de Java às 21h30 locais (12h30 de Brasília) de sábado. O tsunami foi provocado pela erupção do vulcão que é considerado o "filho" do lendário Krakatoa, o Anak Krakatoa, segundo o porta-voz.

As equipes de emergência, com diversos equipamentos, prosseguiam com os trabalhos nesta segunda-feira para procurar sobreviventes entre os escombros. Os especialistas advertiram para o risco de novas ondas mortais em consequência da atividade vulcânica, enquanto as autoridades destacaram que o número de vítimas fatais pode aumentar.

Erupção do vulcão Anak Krakatoa causou o tsunami

Erupção do vulcão Anak Krakatoa causou o tsunami - Foto: Nurul Hidayat/Bisnis Indonesia/AFP

Veja também

Uefa defende decisão sobre estádio em Munique mas adiciona cores do arco-íris em logo
DIVERSIDADE

Uefa defende decisão sobre estádio em Munique mas adiciona cores do arco-íris em logo

Angela Merkel critica lei húngara sobre LGBT e a considera "equivocada"
Mundo

Angela Merkel critica lei húngara sobre LGBT e a considera "equivocada"