Caçador clandestino condenado a ver 'Bambi' nos EUA

David Berry deverá ver o desenho animado ao menos uma vez por mês durante sua pena de um ano de prisão

BambiBambi - Foto: Disney divulgação

Um juiz do Missouri, nos Estados Unidos, condenou um caçador clandestino reincidente a ver regularmente o filme "Bambi", um clássico de Walt Disney que narra a vida de um cervo cuja mãe é morta em uma caçada.

David Berry deverá ver o desenho animado ao menos uma vez por mês durante sua pena de um ano de prisão, imposta ao final de "um dos casos mais importantes de caça clandestina no Estado".

Leia também:
Disney arrecada US$ 7 bi com bilheterias em 2018
Câmara aumenta pena de maus-tratos contra animais e zoofilia
Senador propõe aumentar pena para maus-tratos contra animais


Berry e outros membros de sua família são suspeitos de matar centenas de cervos durante um período de três anos, revelou a autoridade de conservação do Missouri em declaração no dia 13 de dezembro.

"Eram troféus de machos que foram mortos ilegalmente, principalmente durante a noite, apenas por suas cabeças, enquanto a carcaça permanecia abandonada no local", declarou o promotor distrital do condado de Lawrence, Don Trotter.

O caçador clandestino condenado "está obrigado a ver Bambi, de Walt Disney, a primeira vez antes de 23 de dezembro de 2018, e depois o fará ao menos outra vez a cada mês de detenção", decretou o juiz Robert George, citado pelo jornal Springfield News-Leader.

Veja também

Portaria restringe entrada de estrangeiros no país
Coronavírus

Portaria restringe entrada de estrangeiros no país

Novo lote com 300 mil doses da vacina da Janssen chega ao Brasil
Vacina

Novo lote com 300 mil doses da vacina da Janssen chega ao Brasil