Capital da Índia fecha escolas por três dias por poluição do ar

Uma espessa camada de névoa cobre o céu da capital, um episódio de poluição que começou há sete dias devido à celebração da festa hindu de Diwali.

Os professores irão atuar na educação infantil e no ensino fundamentalOs professores irão atuar na educação infantil e no ensino fundamental - Foto: Pixabay

As escolas de Nova Déli permanecerão fechadas durante três dias a partir desta segunda-feira (7) devido ao pior episódio de poluição do ar nos últimos anos, anunciou neste domingo o governador do Estado de Déli.

"São necessárias medidas urgentes para resolver este problema", declarou Arvind Kejriwal, o chefe do governo de Déli, Estado que inclui a capital Nova Déli.

"Todas as obras de construção e demolição ficarão proibidas durante cinco dias e todas as escolas permanecerão fechadas estes três próximos dias", declarou Kejriwal.

Há vários dias, uma espessa camada de névoa cobre o céu da capital, um episódio de poluição que começou há sete dias devido à celebração da festa hindu de Diwali.

Kejriwal pediu aos habitantes da capital que permaneçam em seus lares e, na medida do possível, trabalhem em domicílio.

O governo do Estado decidiu também fechar uma central elétrica, reforçar a luta contra a queima de lixo ao ar livre e regar as estradas para impedir que o vento espalhe o pó.

Nova Déli foi designada em 2014 a cidade mais contaminada do mundo pela Organização Mundial da Saúde (OMS), devido, em parte, ao 10 milhões de automóveis que circulam diariamente em suas ruas.

Este novo episódio de poluição foi desencadeado pelas celebrações da festa das luzes, Diwali, na qual são queimados milhões de fogos de artifício. Como consequência disto, a capital indiana ficou coberta por um grosso manto de poluição.

Os indicadores de partículas finas na atmosfera superaram pela primeira vez a barreira dos 1.000 microgramas por metro cúbico do ar, o que equivale a mais de dez vezes os valores recomendados pela OMS.

Veja também

Rússia espera registro da Sputnik V no Brasil em dezembro e produção em janeiro
Covid-19

Rússia espera registro da Sputnik V no Brasil em dezembro e produção em janeiro

Alasca tem alerta de tsunami após forte terremoto
Magnitude de 7,5

Alasca tem alerta de tsunami após forte terremoto