Casa de shows Bataclan, em Paris, será reaberta com show de Sting

O local foi um dos alvos dos atentados terroristas de 13 de novembro de 2015 na capital francesa.

Prefeito Anderson Ferreira (PR) fala durante o lançamento do Catálogo da Economia SolidáriaPrefeito Anderson Ferreira (PR) fala durante o lançamento do Catálogo da Economia Solidária - Foto: Matheus Britto/PJG

A casa de espetáculos parisiense Bataclan será reaberta neste sábado (12), com um show do britânico Sting. O local foi um dos alvos dos atentados terroristas de 13 de novembro de 2015 na capital francesa. Na mesma noite, foram registrados diversos ataques simultâneos em Paris, deixando um total de 130 mortos e centenas de feridos. Também houve explosões nas proximidades do Estádio da França, onde ocorria um jogo de futebol entre as seleções francesa e alemã.

O massacre no Bataclan resultou em 89 mortes. A França decretou o estado de emergência e restabeleceu o controle de fronteiras após os ataques classificados pelo presidente François Hollande como "ataques terroristas sem precedentes no país".

A autoria dos ataques foi reivindicada pelo grupo jihadista Estado Islâmico (EI), que é combatido pela coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos, da qual a França é uma das integrantes mais ativas.

Veja também

EUA registra recorde de 52 mil novos casos de Covid-19 em 24 horas
Coronavírus

EUA registra recorde de 52 mil novos casos de Covid-19 em 24h

México registra 28.510 mortes por Covid-19 e supera a Espanha
Coronavírus

México registra 28.510 mortes por Covid-19 e supera a Espanha