Cem mortos em quatro meses de protestos na Venezuela

O Ministério Público informou que um menor morreu na quinta-feira (20), nos distúrbios ocorridos em uma manifestação no setor de Pomon

Confronto em dia de greve na VenezuelaConfronto em dia de greve na Venezuela - Foto: AFP

A onda de protestos contra o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, deixa um total de cem ortos em quatro meses, depois da confirmação desta sexta-feira (210 pelas autoridades da morte de um menor de 15 anos.

O Ministério Público informou que o menor morreu na quinta-feira (20), nos distúrbios ocorridos em uma manifestação no setor de Pomona, estado de Zulia, durante a paralisação cívica convocada pela oposição em todo o país, em circunstâncias ainda não esclarecidas.

Veja também

Em pacote de medidas sobre o clima, Biden mira indústria de gás e petróleo
EUA

Em pacote de medidas sobre o clima, Biden mira indústria de gás e petróleo

Covid-19: OMS aponta presença da variante de Manaus do coronavírus em oito países
Coronavírus

Covid-19: OMS aponta presença da variante de Manaus do coronavírus em oito países