"Charlie Hebdo" retrata "ex-presidente" Obama fugindo de balas da polícia

Passada a eleição, Obama volta a ser um homem comum que foge de balas da polícia, retrata o veículo

Reunião da deputada Teresa Leitão (PT) com a Frente de Luta pelo Transporte Público de Pernambuco, o Meu Recife e o SindmetroReunião da deputada Teresa Leitão (PT) com a Frente de Luta pelo Transporte Público de Pernambuco, o Meu Recife e o Sindmetro - Foto: Divulgação

O semanário satírico francês "Charlie Hebdo" dedicou a capa da edição desta semana ao "ex-presidente" Barack Obama.

Passada a eleição presidencial americana, nesta terça-feira (8), Obama volta a ser um homem comum que foge de balas da polícia, retrata o veículo. "Obama de novo cidadão como os outros", escreveu.

A sequência de mortes de negros americanos pela polícia tem alimentado a tensão racial no país e provocado uma série de manifestações em cidades americanas.

Segundo o banco de dados do jornal "Washington Post", a polícia dos EUA matou ao menos 715 pessoas em 2016 -e 24% das vítimas são negros, que correspondem a 12% da população.

Na divulgação da edição pela internet, na madrugada desta quarta (9), pouco antes da confirmação do resultado do pleito que elegeu o republicano Donald Trump, o semanário diz que "qualquer que seja o resultado da eleição presidencial americana, a direita radical parece agora estar implantada como um novo ator inquietante da cena política".

Há pouco menos de dois anos, a redação do "Charlie Hebdo" foi alvo de um atentado terrorista que matou 12 pessoas, incluindo o diretor do semanário, o cartunista Stéphane Charbonnier (o Charb).

Apesar da brincadeira, Obama só deixará a Casa Branca em janeiro de 2017, quando Trump assumirá, então, o comando do país.

Veja também

Vantagem de Biden sobre Trump cai 2 pontos percentuais em uma semana
EUA

Vantagem de Biden sobre Trump cai 2 pontos percentuais em uma semana

Nasa anuncia descoberta inédita de água na superfície da Lua iluminada pelo Sol
Descoberta espacial

Nasa anuncia descoberta inédita de água na superfície da Lua iluminada pelo Sol