Cinco mineiros morrem intoxicados em mina na Bolívia

Profissionais inalaram gases tóxicos

Cinco mineiros, com idades entre 19 e 30 anos, morreram asfixiados em uma mina no sudeste da Bolívia após a inalação de gases tóxicos e operar sem condições de segurança, informou nesta terça-feira um responsável médico.

Seis deles entraram em uma mina na cidade de San Lucas, no departamento (estado) de Chuquisaca, mas apenas um sobreviveu ao acidente que aconteceu na segunda-feira.

As vítimas trabalhavam em uma mina de prata. Os corpos foram encontrados a uma profundidade de 70 metros.

O chefe do hospital público de San Lucas, Alexander Maraza, informou que cinco mineiros "estavam com suas botas, macacão, capacete e suas respectivas máscaras de algodão, mas que só os protege da poeira" e não de gases.

Segundo dados oficiais, são registradas nas minas bolivianas cerca de 30 mortes por ano.

Veja também

Ao menos 7 mortos em terremoto na Indonésia
Ásia

Ao menos 7 mortos em terremoto na Indonésia

Príncipe Philip será enterrado durante funeral privado
Família Real

Príncipe Philip será enterrado durante funeral privado