Mundo

Cinco mineiros morrem intoxicados em mina na Bolívia

Profissionais inalaram gases tóxicos

Cinco mineiros, com idades entre 19 e 30 anos, morreram asfixiados em uma mina no sudeste da Bolívia após a inalação de gases tóxicos e operar sem condições de segurança, informou nesta terça-feira um responsável médico.

Seis deles entraram em uma mina na cidade de San Lucas, no departamento (estado) de Chuquisaca, mas apenas um sobreviveu ao acidente que aconteceu na segunda-feira.

As vítimas trabalhavam em uma mina de prata. Os corpos foram encontrados a uma profundidade de 70 metros.

O chefe do hospital público de San Lucas, Alexander Maraza, informou que cinco mineiros "estavam com suas botas, macacão, capacete e suas respectivas máscaras de algodão, mas que só os protege da poeira" e não de gases.

Segundo dados oficiais, são registradas nas minas bolivianas cerca de 30 mortes por ano.

Veja também

Deslocados forçados no mundo superam os 100 milhões pela primeira vez, diz ONU
Mundo

Deslocados forçados no mundo superam os 100 milhões pela primeira vez, diz ONU

Biden adverte para impacto 'relevante' da varíola dos macacos
Estados Unidos

Biden adverte para impacto 'relevante' da varíola dos macacos