Colômbia: Odebrecht confirma pagamento de US$ 1 milhão na campanha presidencial

Dinheiro foi usado na elaboração de uma pesquisa para a campanha do atual presidente Juan Manuel Santos, em 2014

Eleuberto Martorelli, ex-presidente da Odebrecht na ColômbiaEleuberto Martorelli, ex-presidente da Odebrecht na Colômbia - Foto: Reprodução/Internet

O ex-presidente da Odebrecht na Colômbia, Eleuberto Martorelli, confirmou que a construtora brasileira pagou US$ 1 milhão para a elaboração de uma pesquisa para a campanha do atual presidente Juan Manuel Santos em 2014, através da sociedade panamenha Paddington, vinculada à empresa Sancho BBDO. A informação é da agência EFE.

"A pesquisa que eu paguei foi uma pesquisa de opinião (de) US$ 1 milhão, que paguei a uma empresa chamada Paddington (...). Entendia que era para a campanha do presidente Santos", disse Martorelli em uma declaração perante a representantes da Procuradoria colombiana no consulado da Colômbia em São Paulo, segundo os áudios revelados pela emissora Blu Radio.

Veja também

Como 46º presidente dos Estados Unidos, Joe Biden entra caminhando na Casa Branca
EUA

Como 46º presidente dos Estados Unidos, Joe Biden entra caminhando na Casa Branca

Cuba espera produzir 100 milhões de doses de sua vacina contra a covid-19 em 2021
Vacina

Cuba espera produzir 100 milhões de doses de sua vacina contra a covid-19 em 2021