Confiscados 50 crocodilos no aeroporto em Londres

Os jovens crocodilos marinhos, de um ano de idade, estavam sendo enviados a um sítio situado no condado inglês de Cambridgeshire, onde seriam criados por sua carne. Os animais não haviam sido transportados conforme a regulamentação, o que invalidava sua a

Crocodilos capturados no Aeroporto London HeathrowCrocodilos capturados no Aeroporto London Heathrow - Foto: Divulgação / Twitter

Uma carga ilegal de 50 crocodilos foi confiscada recentemente no aeroporto londrino de Heathrow, em cinco jaulas enviadas da Malásia, indicou a polícia de fronteira britânica, encarregada da luta contra o tráfico de espécies protegidas. 

Os jovens crocodilos marinhos, de um ano de idade, estavam sendo enviados a um sítio situado no condado inglês de Cambridgeshire, onde seriam criados por sua carne. Os animais não haviam sido transportados conforme a regulamentação, o que invalidava sua autorização e fazia, portanto, com que sua importação fosse ilegal.

Leia também:
Vulcão Kilauea entra em erupção e ameaça milhares de lares no Havaí
Caça russo cai na Síria e os dois pilotos morrem

Em cada jaula havia 10 répteis amontoados, embora cada compartimento só devesse conter quatro deles, segundo a polícia.

"Simplesmente não é aceitável que os répteis sejam transportados desta maneira", declarou Grant Miller, chefe da Convenção sobre Comércio Internacional das Espécies em Perigo de Extinção (Cites) no aeroporto londrino de Heathrow.

"Os crocodilos começaram a brigar entre eles durante o trajeto devido ao espaço limitado, foi prestada pouca atenção ao seu bem-estar", destacou. "Confiscaremos tudo que infrinja a regulamentação da Cites, e isso deveria servir de advertência para os que pretendam transportar animais selvagens em tais condições".

Desde que os crocodilos foram descobertos, em 27 de abril, um deles morreu.

Veja também

Espanha prorroga restrições a voos do Brasil e África do Sul até 11 de maio
Pandemia

Espanha prorroga restrições a voos do Brasil e África do Sul até 11 de maio

Presidente do Chade morre após ser ferido na frente de batalha
Morte

Presidente do Chade morre após ser ferido na frente de batalha