Confrontos deixam 78 feridos e 89 presos na Venezuela

Manifestantes da oposição e militares travam confrontos na capital Caracas

Confronto na VenezuelaConfronto na Venezuela - Foto: Federico Parra/AFP

Ao menos 78 pessoas ficaram feridas nesta quarta-feira (1º) na Venezuela em decorrência dos confrontos entre manifestantes contrários ao ditador Nicolás Maduro e as forças leais ao regime, informou a Assembleia Nacional (de maioria opositora).

Segundo a deputada Manuela Bolívar, 89 manifestantes foram detidas pelo regime em todo o país. Na terça, outras 150 pessoas tinham sido presas. Ainda de acordo com a deputada, protestos ocorreram em 397 pontos no país e as forças do regime reprimiram 23 desses atos. O regime Maduro não divulga números oficiais de feridos ou detidos nos atos.

Leia também:
'Única forma de ter golpe de Estado na Venezuela é se me prenderem', diz Guaidó
"No limbo", o drama dos venezuelanos sem passaporte nos EUA

Veja também

Pandemia reduziu migração mundial em 30%, aponta ONU
Mundo

Pandemia reduziu migração mundial em 30%, aponta ONU

Trump sairá de Washington horas antes da posse de Biden na quarta-feira (20)
Estados Unidos

Trump sairá de Washington horas antes da posse de Biden na quarta-feira (20)