A-A+

Confrontos deixam 78 feridos e 89 presos na Venezuela

Manifestantes da oposição e militares travam confrontos na capital Caracas

Confronto na VenezuelaConfronto na Venezuela - Foto: Federico Parra/AFP

Ao menos 78 pessoas ficaram feridas nesta quarta-feira (1º) na Venezuela em decorrência dos confrontos entre manifestantes contrários ao ditador Nicolás Maduro e as forças leais ao regime, informou a Assembleia Nacional (de maioria opositora).

Segundo a deputada Manuela Bolívar, 89 manifestantes foram detidas pelo regime em todo o país. Na terça, outras 150 pessoas tinham sido presas. Ainda de acordo com a deputada, protestos ocorreram em 397 pontos no país e as forças do regime reprimiram 23 desses atos. O regime Maduro não divulga números oficiais de feridos ou detidos nos atos.

Leia também:
'Única forma de ter golpe de Estado na Venezuela é se me prenderem', diz Guaidó
"No limbo", o drama dos venezuelanos sem passaporte nos EUA

Veja também

Saúde emite alerta de risco sobre variante do coronavírus identificada na África do Sul
Ministério

Saúde emite alerta de risco sobre variante do coronavírus identificada na África do Sul

Covid-19: Fiocruz alerta sobre cuidados com nova onda na Europa
Variante

Covid-19: Fiocruz alerta sobre cuidados com nova onda na Europa