Cristina Kirchner e seus filhos irão a julgamento por lavagem de dinheiro

Julgamento foi determinado pelo juiz Julián Ercolini e se refere ao chamado caso "Los Sauces", no qual a ex-presidente e seus filhos, o deputado Máximo Kirchner e sua irmã Florencia são acusados

Cristina KirchnerCristina Kirchner - Foto: Eitan Abramovich/AFP

A justiça argentina decretou o julgamento por lavagem de dinheiro da ex-presidente Cristina Kirchner e de seus dois filhos, entre outros acusados, segundo comunicado divulgado nesta quarta-feira (3).

O julgamento, que será oral e público, foi determinado pelo juiz Julián Ercolini e se refere ao chamado caso "Los Sauces", no qual a ex-presidente e seus filhos, o deputado Máximo Kirchner e sua irmã Florencia são acusados.

Leia também:
Juiz pede prisão preventiva para Cristina Kirchner por receber propina


Segundo a investigação, a locação de propriedades da empresa Los Sauces S/A, da família Kirchner, era uma forma de encobrir a propina pedida pela mandatária nas licitações vencidas por empresários como Cristóbal López e Lázaro Báez, ambos presos.

De acordo com a acusação, Cristina liderou, entre janeiro de 2009 e março de 2016, uma associação ilegal que executou "um esquema para reciclar fundos de origem ilícita através da Los Sauces S.A.". Máximo está sendo processado como suposto organizador do esquema e Florencia, como integrante.

A acusação alega que, com esse esquema, Cristina "conseguiu lavar uma parte do dinheiro de procedência ilegal que foi canalizado por empresas do grupo Báez Indalo (...), através da atividade imobiliária e hoteleira".

No total, outras 18 pessoas serão julgadas juntamente com os Kirchners. Embora o julgamento ainda não tenha data, deverá começar no próximo ano. Atual senadora, Cristina é a política de oposição com maior apoio, de acordo com as pesquisas para as eleições presidenciais de 2019, em que o presidente Mauricio Macri buscará um segundo mandato na Casa Rosada.

A ex-presidente, que acumula sete processos, afirma que é inocente e que as acusações contra ela pretendem bani-la da atividade política.

Veja também

Policiais do Capitólio prendem homem que tentou passar por barreira
Capitólio

Policiais do Capitólio prendem homem que tentou passar por barreira

EUA realiza última execução do mandato de Trump
EUA

EUA realiza última execução do mandato de Trump