Deputados queimam bandeira dos EUA no Irã

Aos gritos de "morte aos Estados Unidos", dezenas de deputados atearam fogo na bandeira americana após Trump anunciar saída do país do acordo nuclear do Irã

Deputados queimam bandeira americana no IrãDeputados queimam bandeira americana no Irã - Foto: HO/Islamic Consultative Assembly News Agency/

Deputados iranianos queimaram, nesta quarta-feira (9), uma bandeira americana de papel e uma cópia do acordo sobre o programa nuclear na tribuna do Parlamento, aos gritos de "morte aos Estados Unidos", um dia depois de Washington abandonar o pacto.

Nas imagens divulgadas em vários veículos de comunicação iranianos, vê-se um deputado que agita uma bandeira de papel dos Estados Unidos e a queima na tribuna da Câmara.

Leia também:
Trump anuncia saída dos EUA do acordo nuclear do Irã
Países comemoram suspensão de testes nucleares pela Coreia do Norte


Outro deputado conservador, Mojtaba Zolnur, soma-se a ele e ateia fogo a uma cópia do acordo nuclear. "Queimamos o acordo nuclear", grita. Depois, aos gritos de "morte aos Estados Unidos", dezenas de deputados se juntaram a eles, segundo as imagens divulgadas pela página da televisão estatal.

"Vão com cuidado para não queimar o Parlamento", lançou seu presidente, Ali Larijani, de seu posto. Os dirigentes iranianos condenaram a decisão, nesta terça-feira (8), do presidente americano Donald Trump de abandonar o acordo nuclear e a imposição de duras sanções americanas que foram suspensas no âmbito desse pacto.

O acordo sobre o programa nuclear iraniano foi firmado em julho de 2015 em Viena entre Teerã e o Grupo 5+1 (China, Estados Unidos, França, Reino Unido, Rússia e Alemanha), antes da chegada de Trump à Casa Branca, abertamente hostil ao texto.

Veja também

Espanha libera uso de máscara ao ar livre a partir de 26 de junho
Pandemia

Espanha libera uso de máscara ao ar livre a partir de 26 de junho

"Escutem o partido": cidades chinesas fortalecem propaganda antes do aniversário do partido
China

"Escutem o partido": cidades chinesas fortalecem propaganda antes do aniversário do partido