Descarrilamento de trem na Itália deixa dois mortos

Colisão com caminhão provocou descarrilamento de trem deixando dois mortos e 20 feridos

Descarrilamento de trem na ItáliaDescarrilamento de trem na Itália - Foto: Alessandro Contaldo / AFP

Duas pessoas morreram e 20 ficaram feridas na noite desta quarta-feira (23) no descarrilamento de um trem após uma colisão com um caminhão na quarta-feira à noite na região de Turim, no norte da Itália, anunciou a imprensa italiana. O trem descarrilou após ter batido em um veículo de carga pesada que havia parado em uma passagem de nível.

Após a colisão, três vagões saíram dos trilhos, segundo imagens transmitidas pelas redes de televisão. "Às 23H20 (18H20 Brasília), o trem regional 10027 Turim-Ivrea bateu em um veículo de carga pesada que, após ultrapassar as barreiras de uma passagem de nível que funcionava, se deteve sobre os trilhos".

"Segundo as primeiras informações, o maquinista do trem morreu e vários passageiros ficaram feridos", declarou a empresa que administra as ferrovias italianas, a RFI. De acordo com a imprensa, a segunda vítima fatal seria um homem que se encontrava em uma caminhonete que estava à frente do caminhão.

Leia também:
Descarrilamento de trem deixa três mortos na Itália
Trem descarrila em ponte sobre rodovia e deixa mortos nos EUA


Em um comunicado, o grupo Ferrovie dello Stato (FS), a empresa nacional de ferrovias italianas, expressou condolências pela morte do maquinista. O jornal La Stampa de Turim, que cita testemunhas, informou que o acidente ocorreu porque o caminhão, de placa da Lituânia, transportava uma carga excepcionalmente longa.

A caminhonete que seguia à frente do caminhão cruzou normalmente a passagem de nível, mas quando o veículo principal chegou, a cerca de 10 metros do primeiro, não conseguiu parar a tempo e ficou sobre os trilhos.

Várias pessoas foram hospitalizadas, quatro em estado grave, segundo a imprensa. Uma delas era a pessoa que administrava a viagem do trem, que ficou presa entre as ferragens até o resgate.

De acordo com a polícia da província, pelo menos 40 pessoas estavam a bordo do trem, o último programado para quarta-feira. "Tudo aconteceu em um instante, senti o trem frear e depois o choque terrível. Em um segundo caí no inferno, tudo ficou escuro ao redor", afirmou Paolo Malgioglio, de 23 anos, ao jornal Corriere della Sera.

Em abril de 2017 outro acidente de trem no norte da Itália deixou dois mortos e provocou o fechamento provisório da principal linha de trem entre a península italiana e a Áustria. Em julho de 2016 um choque de dois trens no sul da Itália matou 23 pessoas.

Veja também

Espanha prorroga restrições a voos do Brasil e África do Sul até 11 de maio
Pandemia

Espanha prorroga restrições a voos do Brasil e África do Sul até 11 de maio

Presidente do Chade morre após ser ferido na frente de batalha
Morte

Presidente do Chade morre após ser ferido na frente de batalha