Mundo

Detidas três pessoas em Berlim por suposta relação com extremismo

O porta-voz confirmou uma informação publicada pelo jornal Bild de que essas três pessoas estão relacionadas com o grupo Estado Islâmico na Síria e Iraque

Três pessoas suspeitas de estarem vinculadas ao terrorismo foram presas em Berlim, informou nesta terça-feira à noite um porta-voz da Polícia à AFP. Os três indivíduos, de 21, 31 e 45 anos, são suspeitos de "terem planejado viajar para zonas de guerra", na Síria ou Iraque, afirmou o porta-voz. A Justiça os acusa de quererem visitar campos de treinamento para depois cometer atentados.

O porta-voz confirmou uma informação publicada pelo jornal Bild de que essas três pessoas estão relacionadas com o grupo Estado Islâmico na Síria e Iraque. A Justiça investiga a preparação de um "ato grave contra o Estado", segundo jornal, mas "não há indícios sobre projetos concretos de atentados na Alemanha".

As três pessoas frequentavam uma mesquita salafista, para onde ia regularmente o autor do atentado com um caminhão em 19 de dezembro em Berlim, afirmou o Bild. A mesquita, que também está na mira dos investigadores, foi inspecionada, segundo a mesma fonte. Ao menos dois dos suspeitam moram em Berlim, informou o Bild.

Veja também

Dia de horror: o que se sabe até agora sobre massacre no Texas
Ataque

Dia de horror: o que se sabe até agora sobre massacre no Texas

Mais de 200 casos confirmados de varíola do macaco no mundo, segundo agência europeia
Internacional

Mais de 200 casos confirmados de varíola do macaco no mundo