Dez voos da Latam são cancelados por paralisação de tripulantes na Argentina

No aeroporto de Buenos Aires foram cancelados voos a El Calafate, Ushuaia, Neuquén, Mendoza, Córdoba, Tucumán e Salta

Deputado federal Danilo Cabral (PSB), presidente da Frente Parlamentar em Defesa do SUASDeputado federal Danilo Cabral (PSB), presidente da Frente Parlamentar em Defesa do SUAS - Foto: Chico Ferreira/PSB na Câmara

Dez voos na companhia Latam na Argentina foram cancelados nesta segunda-feira (9) por protestos de tripulantes por aumento salarial, afetando 2.700 passageiros, de acordo com fontes aeroportuárias.

"A LATAM informa que devido à paralisação convocada para hoje (segunda-feira) por parte dos tripulantes de cabine, foram registrados atrasos e/ou cancelamentos na operação dos aeroportos da Argentina", afirmou um comunicado da empresa.

No aeroporto de Buenos Aires foram cancelados voos a El Calafate, Ushuaia, Neuquén, Mendoza, Córdoba, Tucumán e Salta, entre outros destinos.

O sindicato de tripulantes informou que a paralisação foi decida por causa do "descumprimento", por parte da empresa, de um aumento salarial oferecido no dia 22 de dezembro.

Veja também

Biden diz que Trump lhe deixou uma carta 'muito generosa'
EUA

Biden diz que Trump lhe deixou uma carta 'muito generosa'

Covid-19: ministros e embaixador chinês discutem envio de insumos
Vacina

Covid-19: ministros e embaixador chinês discutem envio de insumos