EI no Egito reivindica lançamento de foguetes contra território israelense

"Graças a Deus, uma ala militar disparou vários foguetes Grad contra Eilat", afirma um grupo egípcio vinculado ao EI

Israel Israel  - Foto: Divulgação

O grupo Estado Islâmico (EI) reivindicou nesta quinta-feira (9) o lançamento a partir da península egípcia do Sinai de dois foguetes que caíram na cidade israelense de Eilat, às margens do Mar Vermelho, no sul do país.

"Graças a Deus, uma ala militar disparou vários foguetes Grad contra Eilat", afirma um grupo egípcio vinculado ao EI em um comunicado publicado nas redes sociais.

O exército israelense informou na quarta-feira (8) que os disparos não provocaram vítimas. O sistema de defesa israelense Domo de Ferro interceptou três foguetes e outro não atingiu a cidade.

O Sinai é cenário de confrontos frequentes entre soldados e policiais egípcios com membros da organização Província do Sinai, vinculado ao EI, que antes era conhecido como Ansar Beit Al-Maqdess.

Ansar Beit Al-Maqdess foi criado em março de 2011 com o objetivo de atacar Israel, que faz fronteira com o Sinai e evitar a cooperação entre Egito e Israel.

Mas o grupo ataca principalmente o regime do presidente egípcio Abdel Fattah al-Sisi desde que, em julho de 2013, derrubou o presidente islamita Mohamed Mursi.

O Egito é um dos dois países árabes, ao lado da Jordânia, que tem um tratado de paz com Israel.

Veja também

Agências americanas recomendam "pausa" no uso da vacina da Johnson por temor de coágulos
Vacinação

Agências americanas recomendam "pausa" no uso da vacina da Johnson por temor de coágulos

Mais tensão e detidos em Minneapolis após morte de jovem afro-americano em ação policial
EUA

Mais tensão e detidos em Minneapolis após morte de jovem afro-americano em ação policial