Eleições americanas: Biden nega acusações de agressão sexual

Acusações de violência sexual foram feitas por uma ex-colaboradora, e remontam à década de 1990

Candidato à eleição americana, Joe BidenCandidato à eleição americana, Joe Biden - Foto: Dominick Reuter / AFP

O candidato democrata à eleição presidencial dos Estados Unidos, Joe Biden, negou na sexta-feira (30) as acusações de violência sexual feitas por uma ex-colaboradora, as quais remontam à década de 1990.


Leia também:
Eleições americanas: Obama deve anunciar ainda nesta terça apoio a Biden
Hillary Clinton declara apoio a Biden na disputa presidencial dos EUA
Covid-19 não foi criado pelo homem nem modificado geneticamente, aponta inteligência dos EUA

Essas alegações "não são verdadeiras. Isso nunca aconteceu", disse o ex-vice-presidente dos EUA em um comunicado.Biden vinha sendo pressionado a responder pessoalmente às acusações de Tara Reade, de 56, que trabalhava em seu gabinete no Senado nos anos 1990.


 

Veja também

Trump sairá de Washington horas antes da posse de Biden na quarta-feira (20)
Estados Unidos

Trump sairá de Washington horas antes da posse de Biden na quarta-feira (20)

WhatsApp adia alteração de normas de serviço após fuga de usuários
Privacidade

WhatsApp adia alteração de normas de serviço após fuga de usuários