Em crítica a jornal, porta-voz diz que Trump não usa roupão de banho

A afirmação foi realizada em resposta a uma reportagem do jornal "The New York Times"

Presidente dos EUA, Donald TrumpPresidente dos EUA, Donald Trump - Foto: Nicholas Kamm / AFP

Incomodado mais uma vez pela cobertura feita pela imprensa nas primeiras semanas do governo de Donald Trump nos EUA, o porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer, protagonizou uma cena pouco usual nesta segunda-feira (6).

Em resposta a uma reportagem do jornal "The New York Times", que afirmava que o presidente passa algumas noites assistindo à TV vestindo um roupão de banho, Spicer disse: "Vamos começar do começo: eu acho que o presidente nem sequer tem um roupão. Ele definitivamente não usa um".

O texto narra os esforços da equipe de Trump para se adaptar à residência oficial do presidente norte-americano. "Auxiliares [do presidente] se reúnem no escuro pois não conseguem descobrir como acender as luzes do gabinete. Visitantes encerram seus encontros e ficam vagando, testando portas até encontrarem uma que leva à saída", afirma o jornal.

"Essa é, literalmente, a epítome do 'fake news' [termo bastante utilizado pela administração para criticar o que chama de 'notícias falsas']", afirmou Spicer durante coletiva na Casa Branca. "O texto estava tão cheio de imprecisões e mentiras que eles devem desculpas ao presidente."

Spicer disse ainda que é reportagens como essa são "inaceitáveis", negando que o relato reflita o que de fato acontece na Casa Branca. "Do começo ao fim eles inventaram histórias que não existem. Acho que isso é uma infelicidade para as pessoas que buscam organizações de mídia como esta."

Em texto comentando o caso, o "NYT" lembra que a equipe de funcionários da residência oficial fornece um estoque de roupões de banho ao presidente.
As declarações do porta-voz do governo viraram motivo de piada entre usuários das redes sociais. Alguns jornalistas publicaram em seus perfis fotos antigas de Trump, antes de ser presidente, vestindo um roupão.

Veja também

EUA realiza última execução do mandato de Trump
EUA

EUA realiza última execução do mandato de Trump

Twitter suspende contas de ex-chefes das Farc que retomaram armas na Colômbia
Twitter

Twitter suspende contas de ex-chefes das Farc que retomaram armas na Colômbia