Estados Unidos mudam regras de entrevista de visto para os brasileiros

“O governo dos EUA está empenhado em facilitar viagens legítimas de visitantes internacionais e garantir a segurança de suas fronteiras”, informou a embaixada

Presidente dos EUA, Donald TrumpPresidente dos EUA, Donald Trump - Foto: Saul Loeb/AFP

O decreto de controle imigratório assinado pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, também trouxe mudanças na concessão do visto para brasileiros que quiserem viajar ao país. Segundo a assessoria de imprensa da Embaixada dos Estados Unidos em Brasília, todos os solicitantes deverão passar pela entrevista pessoal.

As exceções são para solicitantes de vistos diplomáticos e oficiais de governos estrangeiros e organizações internacionais, pessoas com idade inferior a 14 anos ou superior a 79 anos e aqueles que anteriormente tinham um visto na mesma categoria e que expirou menos de 12 meses antes do novo pedido.

“O governo dos Estados Unidos está empenhado em facilitar viagens legítimas de visitantes internacionais e ao mesmo tempo garantir a segurança de suas fronteiras”, informou a embaixada, em nota.

Anteriormente, era isentos de entrevista aqueles solicitantes que renovassem seus vistos na mesma categoria, até 48 meses após o vencimento. Brasileiros e argentinos, entre 14 e 15 anos, e entre 66 e 79 anos, que solicitavam vistos pela primeira vez, também eram isentos de entrevista.

A embaixada orienta aos solicitantes de vistos que revisem as alterações anunciadas no decreto presidencial, incluindo o programa de entrevista de visto, para saber se estas mudanças afetarão a categoria de visto. O decreto está disponível, em português, na página da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil.

Na última sexta-feira (27), Trump determinou novos mecanismos de controle de imigrantes e refugiados nos Estados Unidos, para, segundo ele, impedir a entrada de terroristas no país. Uma das medidas barra a entrada de cidadãos do Iraque, Síria, Irã, Sudão, Líbia, Somália e Iêmen por 90 dias. O decreto suspende, a entrada de refugiados por 120 dias, até que os procedimentos de admissão sejam revistos.

Veja também

Em uma semana, mortes por Covid-19 aumentam em 8% e 6% de novos casos
Coronavirus

Em uma semana, mortes por Covid-19 aumentam em 8% e 6% de novos casos

Itália anuncia reabertura gradual a partir do final de abril
Pandemia

Itália anuncia reabertura gradual a partir do final de abril